sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

HOMEM PÃO-DURO - DIVIDINDO A CONTA DO MOTEL

Vamos Rachar a Conta do Motel?

Ajudar o seu namorado ou o maridão a pagar a conta do motel é algo natural. 
Afinal, vocês já tem uma certa intimidade e não é sempre que ele tem grana.

Sem contar que se você está com vontade, por que não bancar o picote de vez em quando? 

Sim, isso é mais que natural, pois hoje em dia dividir as contas deixou de ser um tabu em nossa sociedade.

Agora, e quando você ACABA DE CONHECER UM CARINHA, ele te convida para um fincão, mas quando vão pagar a conta do motel, ele faz as contas e te manda pagar a metade?

E o pior é que tem uma porrada de mulheres que acham isso mais do que normal!!! 

Peraí! Você conhece um cara, ele te leva para dar um fincão, você banca a metade da suruba, e ainda acha que é normal!? 

Cacete, mas a coisa tá feia demais para ALGUMAS mulheres!!!

Sei lá, de repente ele podia avisar antes de entrarem no motel.

Aliás, uma colega minha passou por este tipo de situação, mas como ela estava sem grana, teve que fazer um depósito no dia seguinte para a conta dele.

Já imaginou a cena?

Tá sem grana? Não tem problema, anota minha conta aí, amanhã você deposita pra mim.
   
Mas é lógico que você pode achar que estou errado, que no mundo de hoje não tem mais esses papos de regras.

Sem contar que o cara vai te achar uma garota super gente fina por pagar metade da bimbada, não é mesmo?

Mas eu não consigo entender como tem mulher que aceita pagar para ser comida!!!!

Sim, porque é exatamente isso que você está fazendo!

Não se trata de grana, de regras, mas de valorização, minha filha. 

Rachar a conta ou pagar o motel com seu namorado, marido, ficante, enfim, com quem existe uma relação não tem nada demais, é bom repetir para deixar bem claro. 

O problema é um cara te convidar pela primeira vez, chegar lá, depois do picote, e perguntar se você vai pagar sua parte no débito ou no cartão de crédito.  

Afinal, como já deixei bem claro em uma matéria que escrevi para o livro HOMEM-MANUAL DA USUÁRIA, Facilite a Vida de Um Homem e se Arrependa". 

Ok, se achou que a experiência que acabei de contar sobre minha colega, que teve que depositar metade da conta do motel foi ferro na boneca,  imagine então o que uma leitora sentiu quando um carinha ligou alguns dias depois do picote, perguntando se ela não podia dar a metade da grana que ele pagou. 

Não, minha cara, não é papo, é realidade!!! 
O sujeito falou que tinha ficado com a conta descoberta, que acabou gastando mais que tinha previsto, e que agora estava sem grana pra pagar a conta de luz!!!

E sabe qual era o valor do rombo no orçamento do sujeito?
R$ 45,00!!!

Fala a verdade, saber que foi pra cama com um bosta deste deve deixar qualquer mulher com ódio da própria perereca!!

Se bem que um cara que tem coragem de levar uma garota pela primeira vez no motel e dividir a conta não é lá essas coisas como "investimento amoroso".

Por exemplo, tenho outra leitora que recebeu uma "proposta romântica", dela pagar a gasolina para eles darem um picote.

Só que não era para irem em um motel, mas para usarem o carro como motel.

Então, como uma boa menina, ela deu R$ 15,00 e eles foram para uma quebrada, perto da cidadezinha onde moravam, e fizeram aquele "amor gostoso".

Uau!!! A primeira transa deles, só dando bundadas nos vidros do carro!!!

E acabaram virando namorados!!!! 
Viu como quem espera sempre alcança? 
Tem que ter fé, minha filha!!!


Só que um dia ela quis algo melhor que um banco de carro,por isso escolheu um motel de primeira para comemorarem 5 meses de namoro.

E é claro que uma "extravagância" assim teria que ser bancada apenas por ela.

A resposta dele:

"Não adianta você pagar o motel porque eu vou gastar uma grana com gasolina que eu não tenho..."

Ah! Louvado seja o bom Papai do Céu por nos fazer abrir os olhos por meio de porradas.

Aleluia!!!

Cinco meses liberando o playground dentro do carro, dividindo latinha de coca-cola com o traste, e bastou apenas isso para ela se tocar que não estava sendo valorizada!?

Pelo menos ela tem motivos para festejar não terem completado seis meses de namoro...

"Tadinho...Mas ele tava sem grana, custava ela pagar a gasolina também?
Oras, coitado é o tomate que pensava que era legume e descobriu que é fruta!!!

Em todo caso, pagar a conta do motel para transar com um cara que não vale nada é o mesmo que você comer em um restaurante e o dono pagar a metade!

..........................................................................................................
Leia meu livro QUERO SEU SORRISO DE VOLTA e vire uma mulher ruim e feliz!!
www.revistaandros.com.br - © Copyright 2017 - Revista Andros

NÃO ALIMENTE SEUS FANTASMAS DO FRACASSO.

Fantasmas do Fracasso

Um dia você acordou super animada, com uma força incrível dentro de sua alma, e tudo porque acordou decidida à mudar sua vida. 

E foi incrível, porque sem nenhum esforço você começou a fazer seus planos. 
E estava tudo ali, bem na sua frente, tão claro e transparente, era quase uma certeza de que tudo iria dar certo. 

E não havia nenhum pensamento negativo, nenhum obstáculo que não pudesse vencer.

Aliás, você sequer chegou a pensar em obstáculos.

"Vou vender o meu carro, pegar a grana que guardei na poupança, juntar tudo e abrir meu restaurante, o sonho da minha vida. E ele vai ser na esquina da Av. Principal e terá uma decoração bem alegre, onde as pessoas poderão comer um bom prato, em um ambiente bem agradável".

Definitivamente, depois de pastar muito na vida, de sofrer por achar que não tinha nenhuma saída, parece que naquele dia você acordou tomada pelo mais puro otimismo.

E isso era bom, acredite...


O problema é que depois da empolgação inicial, daquele tesão enorme, de acordar como se estivesse tomada por uma força misteriosa, assim, de uma hora para outra, parece que as coisas foram mudando...

Não sei bem o que aconteceu, mas, conforme seus sonhos iam ficando mais sólidos, conforme você ia encontrando "caminhos possíveis" que te levariam ao sucesso, parece que uma nuvem negra, de pensamentos negativos, começou a tomar conta da situação.
O carro, por exemplo, você até chegou a levar para vender na loja da esquina, só que no meio do caminho você acabou desistindo porque começou a achar que estava dando um passo maior que as pernas:

"Ai, se eu vender meu carro eu vou ficar sem nada". 

Pombas, cadê aquela segurança toda?


E a grana da poupança, então? 

Deu até um aperto no peito olhar suas economias e imaginar que tudo poderia ser jogado fora, não é mesmo?

É, pelo que parece, todos os seus sonhos e planos, assim que começaram a tomar corpo, dar sinais de que poderiam se realizar, acabaram tomando outras formas:

Ficaram sinistros!


Agora eles não te fazem tão bem quanto antes.

Sim, porque depois da empolgação inicial, daquela coisa de ser capaz de até imaginar a fachada do seu futuro restaurante, o medo te pegou de tal jeito que agora você acha que teria sido bem melhor nem ter sonhado com nada.

Que coisa, hein?
Parece que seus planos viraram promessas quebradas.

E tudo isso aconteceu porque sua mente começou a ser assombrada por todos aqueles "fantasmas da derrota", que sempre lhe atormentaram, desde os tempos que era criança.

E o pior é que muitas vezes você achou que estava sendo prudente, lembra?

......................................

Que tal conhecer um pouco sobre essas assombrações, pensamentos que só servem para que se sinta uma fracassada?


O fantasma do "ISSO NÃO É PRA MIM"! 
Este é aquele fantasma que seus parentes - principalmente seus pais - sempre fizeram de tudo para alimentar e deixar bem gordão, tudo para ocupar bastante espaço em sua mente e consumir todo seu amor próprio.

"Quando eu crescer eu quero ser milionária como a Xuxa.
"

Bem, isso até todo mundo dar risadas, fazer pouco caso dos seus sonhos:

 "Milionária, você? Oras, minha filha, pare de falar besteiras porque isso não é para gente como nós... "
E todas as vezes que você ouvia alguém desdenhar de seus sonhos, dizendo que você não merecia nada de bom, este fantasma ia crescendo cada vez mais.

 E ele foi aumentando, aumentando, até você passar a acreditar que tudo aquilo que é muito bom não é para você!

Sim, pode ser para os outros, menos para você.

Então você passou a idolatrar a falsa humildade, essa idiotice de achar que ser humilde é se contentar com o ultimo lugar - claro, sem reclamar e com um sorriso angelical nos lábios:

 "Deus vai me recompensar..."

Aliás, quantas vezes você abriu mão do primeiro lugar, deixando-o para outra pessoa, porque não acreditava ser merecedora?



O fantasma do "SERÁ QUE EU VOU CONSEGUIR?" 

Este fantasma é filhote do primeiro, por isso sempre andam juntos. 
Afinal, depois de anos e anos repetindo para si que "isso não é pra mim", é quase impossível acreditar que é capaz de lidar com o sucesso. 

Taí uma coisa interessante: 
O sucesso muitas vezes acaba surgindo na vida de pessoas como você, não como uma benção, mas como uma maldição. 

Sim, porque é o famoso efeito contrário, daquela coisa de acabarmos atraindo sempre o que mais tememos, entendeu? 

Então, como para você o sucesso se parece mais com um castigo, seus dias e noites acabam virando um tormento. Por exemplo, vamos dizer que seu chefe resolva te promover para um cargo de maior responsabilidade: 

"Será que eu vou conseguir fazer tudo direito? E se eu falhar? E se fizer uma cagada e eu for demitida?"


E é claro que no final você vai acabar apelando para o Bom Papai do Céu: 
"Pai, por que fez isso comigo?" 

E ele responde: 
"Mas não era isso que queria quando começou a sonhar com uma promoção?"

"Ah, mas não era para levar tão a sério, Senhor..."

Não importa o que consiga, no final você sempre abandonará tudo pelo meio do caminho. Seu sucesso sempre será passageiro. Na verdade ele acontecerá muito mais como um castigo, porque este seu medo de ser valorizada te paralisa!


O fantasma do "O QUE AS PESSOAS VÃO PENSAR?" 
Este foi você mesma que criou e alimentou até ele ganhar a forma de um polvo enorme, com um monte de tentáculos!

E para evitar que você corresse e chamasse a atenção, esses tentáculos foram se enrolando em suas pernas. E foram se enrolando em suas mãos, para que evitasse tocar onde não devia.

E para que você jamais ofendesse quer que seja, para que nunca se sentisse tentada a dar uma opinião, acabaram cobriram sua boca...

Enfim, foram se enrolando de tal maneira, que hoje você não passa de uma passiva, uma mulher travada, escrava das opiniões alheias.

Aliás, você até prefere que ninguém tenha nenhuma opinião à seu respeito, porque o silêncio é uma forma de manter-se invisível.

 Mesmo assim, todas as vezes que você dá mais valor ao que os outros pensam (ou o que você acha que eles pensam à seu respeito) mais estes tentáculos te sufocam.

Nossa, mas se alguém quiser acabar com o seu dia é só fazer alguma crítica.

Por exemplo, assim que começou a sonhar e contou para uma amiga que estava a fim de abrir seu restaurante, bastou ela dizer que você não tinha coragem para encarar a parada (o que não deixa de ser uma verdade), para você entrar em depressão.


O fantasma "E SE EU FRACASSAR?" 
Puts, mas este fantasma é o resultado de todos os outros. 
E acredite, ele tem uma fome medonha! 
Sim, porque quanto mais você alimenta os outros fantasmas, mais faminto ele fica.


ISSO NÃO É PRA MIM, ENTÃO EU VOU FRACASSAR. 
SERÁ QUE EU VOU CONSEGUIR NÃO FRACASSAR? 
O QUE AS PESSOAS VÃO PENSAR SE EU FRACASSAR? 
E SE EU FRACASSAR, O QUE AS PESSOAS VÃO PENSAR DE MIM?

Então, percebeu como tudo acaba sendo canalizado para este fantasma, que nada mais é que o resultado do medo que você tem das desilusões? 

E quanto mais medo você tiver de se desiludir, maior será o seu apego ao mundo de fantasias que criou em sua mente, um mundo onde você nunca precisa arriscar nada!

Muitas vezes, ter medo de arriscar é querer preservar as ilusões e manter os sonhos apenas na mente. Por outro lado, ao se ver diante da possibilidade de colocar seus planos em prática, pode ser que você acabe descobrindo que eles não servem para a vida real!


O fantasma "TUDO QUE SOBE, DESCE" 
Este fantasma sempre aparece quando as coisas estão indo bem, já reparou?

Por exemplo, ele sempre se anuncia assim:
"Tudo que é bom dura pouco".

Bem, já que tudo que é bom dura pouco, você fica com medo de comprar um carro novo porque tem medo de ser demitida e não conseguir pagar as prestações. E aquela viagem para Paris nem é bom planejar mais, porque vai que o avião cai? Sem contar que o pessoal da imigração pode cismar com a sua cara e te mandar de volta...

Você acredita que tudo aquilo que consegue irá perder, por isso que a empolgação do começo vai morrendo, morrendo, virando provação.

Será que já não passou da hora de fazer uma faxina na sua mente, de colocar este monte de lixo para fora antes que sua alma se transforme em um cemitério de sonhos desfeitos pelo pessimismo?
..........................................................................................................
Leia meu livro QUERO SEU SORRISO DE VOLTA e vire uma mulher ruim e feliz!!

Para comprar este livro em formato ebook  você pode acessar o site da AMAZON. 
O link para fazer a compra é este abaixo:

https://www.amazon.com.br/QUERO-SORRISO-VOLTA-PAULO-ALMEIDA-ebook/dp/B074NXK3KK/ref=sr_1_2?ie=UTF8&qid=1502409968&sr=8- 2&keywords=seu+sorriso+de


Se você quiser o livro físico, ele é vendido também pela AMAZON, que envia pelo correio pra você, e o link para compra-lo é 

https://www.amazon.com/dp/1522058125


www.revistaandros.com.br - © Copyright 2017 - Revista Andros

RECUSE O MAL E ELE NÃO CRIARÁ RAÍZES EM SUA ALMA


O caminho dos Males

Matéria baseada no meu livro QUERO SEU SORRISO DE VOLTA

O caminho para uma alma doente é uma mente perturbada.


Tudo aquilo que você planta em sua mente, todas as porcarias que faz questão de guardar em sua cachola só tem um destino:
SUA ALMA.

E como ferrugem, esse monte de lixo vai se espalhando, atrofiando a alma, apagando sua luz, até transbordar e atingir seu corpo.

Então, acredite, surgem as doenças, que sem a proteção da alma sã, acabam se espalhando pelo corpo.

E ele vai definhando, morrendo aos poucos, como se você fosse sugada por um buraco negro que parece abrir-se em seu peito.

Isso é o que eu chamo de "morrer para dentro", ser consumida pelo próprio mal que cultivou, como uma estrela que consome toda sua energia até explodir.

Toda pessoa quando está amargurada e angustiada acaba se retraindo. E este recolhimento nada mais é que o efeito negativo dos sentimentos ocupando o espaço vital, pois como já deixei bem claro em várias matérias, duas forças antagônicas não podem ocupar o mesmo espaço.

Por isso, quando sua luz se esvaece, dá lugar à escuridão.

O mal consome tudo, pois sua força se baseia em atrair a energia positiva para transforma-la em combustível. Por isso que quando você chega perto de pessoas negativas, parece que seu corpo fica pesado, você se sente cansada, e muitas vezes parece que uma nuvem de tristeza flutua sobre sua cabeça.

Vamos fazer um pequeno teste só para ver se tenho ou não razão?

Neste exato momento você vai pensar somente em coisas negativas, e vai ocupar sua mente com todos os medos e rancores que há muito estão te consumindo.

Tente sentir o mal invadindo a alma, o corpo ficando pesado, e, principalmente, aquele aperto no peito.

Neste momento, quando sente o peito sufocar, o que ocorre é que sua alma começa se defender, tentando se fechar para os sentimentos negativos.

Mas como surgem em sua mente, eles migram para o peito (um dos canais que levam a sua alma), e vão se espalhando, expulsando sua força vital.

Percebeu que com apenas esta pequena demonstração do poder da mente negativa, você acabou sentindo um peso nos ombros, um desânimo, uma sensação de perda e desolação?

Imagine o que aconteceria se fizesse isso todos os dias. 

Então, acha que com todos estes reflexos negativos em sua alma, este mal não transbordaria para o seu corpo? 
Oras, é claro que sim!

Uma mente perturbada é capaz de acabar com sua fé, com sua alegria de viver, fazer com que acredite que não vale a pena viver, enfim, que é um zero à esquerda. 

E quem não tem fé, quem não sente prazer nas coisas mais simples da vida, inconscientemente dispara um mecanismo de autodestruição no corpo.

E não precisa ter fé em Cristo, Maomé, Buda ou quem quer que seja, porque basta ter fé de que vale a pena viver, ser feliz, só isso! 

Aliás, você deveria acreditar mais no poder da fé, porque todo o mal que está na sua vida é resultado da fé que você tem no pior.

É, minha filha, durante anos e anos você fez suas "orações ao contrário", e quase todas elas foram atendidas.

Se quer interromper o caminho do mal é preciso que o recuse antes que tenha tempo de criar raízes.

Apesar de ter sido um breve exercício que fizemos para demonstrar os efeitos dos pensamentos negativos, jamais terminaria esta matéria sem fazer uma pequena limpeza.

Então, neste momento você vai pensar em algo verdadeiramente bom, como a lembrança da primeira noite de Natal na casa dos seus avós.

Mas também pode ser aquele momento especial, do primeiro beijo que lhe foi roubado...

Sim, também pode ser aquele passeio que fez com seu pai, no Parque de Diversões, quando ainda era bem miudinha...

Vamos lá, sinta o bem-estar, o bem querer invadir sua alma, reviva a excitação diante da roda-gigante, os gritos de alegria, aquela vontade de "quero mais", que te fez andar dez vezes seguidas no "trem-fantasma" - lógico, com a proteção do seu herói: seu pai.

Continue relembrando as sensações, não pare.

Liberte de uma vez este sorriso, que timidamente se forma em sua boca, porque é preciso abrir a mente, deixá-la se expandir e trazer à tona outras lembranças que estão guardadas bem lá no fundinho - até mesmo o cheiro do algodão doce que comeu no parque de diversões, numa das tardes mais felizes da sua vida.

Está tão gostoso, não é?

E que coisa boa é ser feliz de bobeira, esta sensação de sentir essa energia positiva, essa eletricidade invadindo seu corpo, deixando-o todo arrepiado...

Puts! Arrepio de alegria é bom demais.

Agora, que tal lembrar de um momento bem engraçado, algo que te fez rir sem parar? Vamos fazer melhor? 

Então tente reviver este momento com a mesma intensidade e surpresa, e deixe a gargalhada fluir solta. 

Oh, coisa boa que é gargalhar, sentir o corpo se contorcendo de tanta alegria, que até parece que vai explodir.

Ops! Parece que seus pais escutaram sua gargalhada e agora devem estar pensando que está ficando maluca? 

Mesmo assim, um olhou para o outro, trocaram olhares, balançaram a cabeça e suspiraram felizes: "Ah, esta nossa filha..."

A alegria é assim:
Quando ele se expande e explode, acaba contaminando à todos.

E sem perceber, com apenas este pequeno gesto, por mais que seus pais pensem que seu caso é de internação, mesmo que seja por um pequeno instante, você acabou alegrando um pouco suas vidas.

Percebeu agora porque dois sentimentos antagônicos não podem conviver no mesmo espaço?

Agora, com você "contaminada" por essa pequena dose de alegria, seu corpo está mais leve, sua mente está cheia de alegria e seu peito está beeeem aberto, igualzinho um girassol que se abre para recolher a energia criadora do sol.

E você fica bem mais linda quando está alegre!
..........................................................................................................
Leia meu livro QUERO SEU SORRISO DE VOLTA e vire uma mulher ruim e feliz!!

Para comprar o livro em formato ebook  você pode acessar o site da AMAZON, e baixa-lo por lá. 
O link para fazer a compra é este abaixo:


https://www.amazon.com.br/QUERO-SORRISO-VOLTA-PAULO-ALMEIDA-ebook/dp/B074NXK3KK/ref=sr_1_2?ie=UTF8&qid=1502409968&sr=8- 2&keywords=seu+sorriso+de


Se você quiser o livro físico, ele é vendido também pela AMAZON, que envia pelo correio pra você, e o link para compra-lo é 
https://www.amazon.com/dp/1522058125

www.revistaandros.com.br - © Copyright 2017 - Revista Andros

A MULHER DE SAGITÁRIO