sábado, 7 de outubro de 2017

NÃO SEJA ANALISTA DE NAMORADO DEPRESSIVO.

Você é Namorada ou Analísta?


Se você pudesse escolher um carinha para entregar o seu lindo coraçãozinho, creio que jamais arrumaria um tão complicado como ele.

Afinal, o cara vive entrando e saindo de estados depressivos o tempo todo.

E mesmo quando ele está na fase da "alegria", o cara é tão excitante quanto um discurso do Fidel Castro.


Aliás, para ser bem direto, ele é um chato, um tremendo de um porre, por isso quase ninguém aguenta ficar ao seu lado.

Amigos? Oras, ele nem sabe o que é isso!

Sei não, mas acho que o último amigo que ele teve foi um garotinho do pré-primário, que de tanto escutá-lo reclamando da vida, pediu para a mãe trocá-lo de escola.
Ah, mas você não resistiu ao seu jeitinho frágil, seu jeito meio complicado, muito menos conseguiu resistir ao poder de seu olhar perdido, de quem não sabe o que quer da vida...

Nossa, na hora bateu tão forte o sentimento maternal, que sua vontade foi de pegá-lo no colo, enxugar suas lágrimas e protegê-lo das maldades do mundo. 

Não, no inicio ele não era um chato de galocha, mas um cara sensível, delicado e incompreendido, incapaz de aceitar este mundo materialista, por isso você ficou super feliz em virar sua terapeuta.

É, minha filha você virou analista de homem!

Ele nunca telefonava para falar nada de bom, como dizer que te amava e tals, mas bastava bater uma crise para o Zé Ruela ligar e passar horas e horas choramingando:

"Meus pais não me entendem!!""Eu ganho mal" "As vezes eu penso em me matar"...

E e você lá, com a orelha pegando fogo com tantas lamentações, e mesmo assim tentando ajudar o infeliz:

 "Mas eu te entendo, amor (jura?)" . "Liga, não, porque um dia vão te dar valor (duvido!) . "Se você se matar eu morro junto" (pronto, mais uma burrona que vai pra cova).


Que bonitinho...Primeiro você virou terapeuta deste traste maníaco depressivo, mas agora você tornou-se sua parceira na dor!!

E que casal harmonioso, meu Deus!

Sim, porque vocês choram juntos, reclamam da vida juntos e ainda têm os mesmos discursos pessimistas.
Minha querida, você jamais deve querer ser a analista de mini-macho!!

Conversar, aconselhar e trocar umas idéias, tudo bem, mas fazer disso uma rotina é burrice. Por exemplo, se você está a fim de sexo, de dar uma picotada só para relaxar,é bem capaz dele se sentir traído.

Sim, por ele pode achar que é muita falta de consideração de sua parte querer alegrar sua perereca quando ele está tão triste.

Sem contar que ele anda tão preocupado em fazer o papel de coitadinho, que nem tem mais tempo para pensar em sexo.

Aliás, deve ser por isso que ele vive reclamando que você só pensa em sexo, que não passa de uma alienada sexual.

Sim, porque tem homem que passa tanto tempo em depressão, enchendo a cara de cachaça ou se drogando, que a mulher mal sabe o que é ter uma vida sexual. 

E mesmo assim ainda tem mulher com coragem de se culpar:
"Ai...(fazendo cara de culpada) Acho que tenho que pensar menos em sexo senão eu vou perder meu homem..."

Deus te ouça!!

E nas poucas vezes que fazem sexo é aquela porcaria, porque o sexo também é influenciado pelo estado de espírito do sujeito: depressivo, chato, melancólico e rápido!!

E se ele estiver triste na hora do sexo, nada de dar risadas ou achar que a vida é linda, porque você tem que ser solidária na tristeza.

Ou seja:
Goza, mas fazendo carinha de quem está deprimida!

E você vai você ladeira abaixo, virando uma chata e depressiva, cada dia mais parecida com ele.


Sem contar que você é sua analista, lembra?
E uma "namorada-analista" deve ter uma postura mais séria e preocupada.

Por isso, se ele chorar não basta apenas dar seu ombro amigo, mas chorar com ele; se ele tiver um ataque de raiva, não adianta pedir calma e paciência, mas ficar com muito mais raiva que ele do mundo.
Só que você não era assim, lembra? 

Que nada, você era alegre, curtia as coisas boas da vida, enfim, aproveitava sua juventude com direito a ser alienada, fútil, materialista e sonhadora...

Sim, você tinha altos sonhos loucos e não morria de vergonha de falar, contar para os amigos, mas hoje tudo é diferente, porque tudo parece ofendê-lo.

E ele se ofende porque quer que você morra, que fique seca até os ossos, tão depressiva quanto ele, porque sua alegria o ofende.

Então, minha cara, feche de uma vez por toda seu "consultório", porque esse fresquinho não está te namorando, mas te devorando por dentro.

..........................................................................................................
Leia meu livro QUERO SEU SORRISO DE VOLTA e vire uma mulher ruim e feliz!!


PARA SABER COMO COMPRAR MEU LIVRO BASTA ACESSAR 
http://www.revistaandros.com.br/novo_livro.html

www.revistaandros.com.br - © Copyright 2013 - Revista Andros

Nenhum comentário: