terça-feira, 9 de maio de 2017

AS LOUCURAS DE VIVER SOB O MESMO TETO

O amor sob o mesmo teto.


Ah, o ninho de amor... 

Antes de vocês resolverem juntar os trapinhos e dividir o mesmo teto, tudo parecia perfeito, não é mesmo? 

Por mais que você se irritasse com alguns costumes e manias dele, com um pouco de jeito e paciência, você acreditava que poderia domesticá-lo, ensinando, por exemplo, que lugar de toalha molhada não é em cima da cama...

Mas quem poderia imaginar que por mais que acreditasse conhecê-lo, este homem revelaria tantos comportamentos irritantes, manias que você só descobriu depois que foram morar juntos?

Fala a verdade, nem por um instante você imaginou que ele fosse tão ranzinza quando acorda, não é mesmo?

Antes ele até ficava um pouco chato nas primeiras horas da manhã, mas agora ele é simplesmente insuportável!

Arre! Mas que cara chato!!!

Bem, se fosse apenas pela "chatice matinal" até dava para aguentar, mas e os ataques que ele tem todas as vezes que perde algo e começa a gritar, "nesta casa não se acha nada"?

Fala a verdade, não te dá uma tremenda satisfação quando ele revira a casa toda em busca da maldita chave do carro, e você, com toda paciência do mundo (mesmo querendo enforcá-lo com as próprias mãos), abre a gaveta do armário da cozinha, pega as chaves que ELE jogou dentro e lhe entrega?

E aqui entre nós: você sempre o deixa virar a casa de cabeça para baixo, gritar e resmungar, só pelo prazer de ver aquela cara de palerma que ele faz, não é mesmo?

Outra coisa que deve ter descoberto é que podemos ser tão barulhentos como uma manada de cavalos - principalmente quando resolvemos ir para o fogão.

Por isso que ele bate todas as panelas, joga tudo o que encontra em cima da mesa e pica os legumes como se estivesse em um campo de batalha!
E apesar dele proibi-la de entrar na cozinha para dar palpites, não é que mesmo assim ele não te dá um instante de sossego? 

Sim, porque ele passa o tempo todo gritando, querendo saber onde diabos você guardou o azeite!! 

Isso porque o azeite está no lugar de sempre: no armário, que ele abriu vinte vezes, mas não conseguiu enxergar a maldita lata de azeite!

O mais interessante é prestar atenção nos sons que partem da cozinha quando " Átila, o huno" está cozinhando! 

Bem, como a maioria de nós, homens, só vai para o fogão quando bate aquela inspiração brava, não é de estranhar que ele resolva cantar. Bem, cantar é bondade minha. Porque o que a gente gosta mesmo é de usar toda a força dos pulmões para berrar. 

E não se esqueça de que também gostamos de batucar, assoviar e, claro, colocar para fora todos os palavrões de nosso vasto repertório: 
"Caralho, esta porra de óleo me queimou!!!"

E pode apostar que como quase todos os "machos cozinheiros de ocasião", depois de preparar o almoço, ele não deixará pedra sobre pedra na cozinha. Mas ele não vai limpar nada...

Claro, se ele teve um trabalhão danado para preparar um "almoço especial" para você, nada mais justo que se jogue no sofá para ver mais um jogo de seu time de futebol.

Então ele briga com a televisão, xinga o juiz, pula no sofá, enfim, age como um alucinado.

Se o time dele ganhar, maravilha. Ele ficará todo dengoso e tão cheio de amor pra dar que é bem capaz de você ficar de saco cheio com tantos chamegos.

 Mas se o time dele perder...

Bem, aí ele fica mais ranzinza do que quando tem que acordar cedo no domingo para ir visitar a sogra!

De repente o que você quer é apenas um pouco de sossego, chegar em casa e relaxar um pouco, tudo no completo silêncio. Mas como é possível relaxar quando a imensa maioria dos homens adora escutar músicas no ultimo volume? 

E se ele for do tipo que adora conversar, então? 
Aí pode esquecer os minutos de silêncio, porque ele vai matracar até ficar com a boca seca.

Uma coisa quase instintiva é esta mania que nós temos de tirar nossas roupas e ir jogando em todos os cantos. Tem homem que mal abre a porta da casa, tira os sapatos e chuta para bem longe. Depois ele joga a camisa em cima da mesa, as meias no corredor, as calças sujas dentro do guarda-roupas.

Uma coisa que precisamos aprender é que guarda-roupas é só para as roupas limpas!

Pensa que acabou? Que nada!

Então ele vai para o banheiro, liga o rádio no ultimo volume, toma aquele banho - que você nunca conseguiu entender como ele é capaz de molhar até o teto do banheiro.

E não podemos nos esquecer que ele vai usar SEUS xampus, SEUS cremes, e ainda vai deixar todos os armários abertos.

E se ele estiver num daqueles dias inspirados, pode ser que abra a porta do banheiro e saia correndo pelado, molhando todo o chão, tudo para dançar e balançar o pinto na sua frente !

Ah, sim, muitos gostam de fazer isso quando estão alegres!

E pensar que antes você vivia pedindo para ele fazer um strip-tease, mas ele dizia que era coisa de boióla!

E depois que ele terminar de se secar com a SUA toalha, nada mais natural do que jogá-la em cima da cama.

"Mas vou jogar em cima de onde? 
Oras, mas você não vive reclamando para não jogar as coisas no chão!?
Pombas, mulher, se decida!!!"

Fala a verdade, nunca te passou pela cabeça que este homem que tanto ama, poderia ser tantos ao mesmo tempo, não é mesmo?

Uma hora ele é um chato que reclama de tudo; na outra hora ele é homem sensível, delicado, que sempre arruma um jeito de agradá-la - como destruir sua cozinha só para fazer aquela macarronada que você tanto gosta, mas que ele nunca acerta no tempero.

E num dia ele é um homem sério, com quem você gosta de se sentar perto da janela, sob uma noite estrelada, só para escutá-lo falar sobre os planos que fez para o futuro dos dois.

E você fica radiante, se sente a melhor mulher do mundo por estar ao seu lado.

Mas também existem outros momentos, quando parece que o mundo está caindo sobre ele, e este mesmo homem forte e determinado, procura o único lugar onde pode se sentir seguro quando as incertezas o assombram: seu colo.

E no outro dia, quando você acredita que ele ainda estará triste, descobrirá que diante do amor de uma mulher como você, muitos homens podem ficar insuportavelmente alegres e agradecidos. 

E que surpresa é chegar em casa e encontrar tudo limpinho e brilhando, graças a faxina que ele fez, tudo para agradecê-la por ser tão paciente com ele.

Mas de tudo isso, por mais que sinta que está perdendo a luta para torná-lo menos relaxado e folgado, existe uma coisa que vale todo o esforço, que é quando ele te abraça e diz meio sem jeito, que a melhor coisa que fez foi ter resolvido se casar com você.

Aí você esquece as toalhas molhadas em cima da cama, a bagunça que ele faz na casa, o mau-humor, o barulho...

Mas é só por um tempinho, né?

Afinal, se você não botar ordem no cortiço é bem capaz dele resolver reclamar que a casa está uma bagunça, que não encontra nada...

"Cadê a merda da chave do meu carro!?"
..........................................................................................................
Leia meu livro QUERO SEU SORRISO DE VOLTA e vire uma mulher ruim e feliz!!
www.revistaandros.com.br - © Copyright 2014 - Revista Andros

Nenhum comentário: