domingo, 4 de setembro de 2016

TEM GENTE QUE PREFERE CARREGAR DEFUNTOS PELO RESTO DA VIDA!

É preciso esquecer

Por mais que diga que perdoa alguém e que tente se enganar dizendo que já esqueceu, se não conseguir apagar de sua mente a influência do mal causado por esta pessoa, todo esforço que fizer será em vão.

Não adianta estender a mão se não consegue se colocar no lugar do outro e entender seus pontos de vista. Afinal, para perdoar é preciso compreender os atos do outro para que ele não tenha que se justificar.

Se não é capaz de perdoar, é melhor esquecer!

Sei que é difícil, mas se pensar bem, descobrirá que todo esse ódio ou revolta que carrega dentro do peito só serve para mantê-la presa à quem te feriu.

Ou melhor, isso só serve para aprisioná-la dentro de você.

Meu anjo, até quando vai carregar este defunto dentro de sua alma ?
Será que já não está fedendo o bastante para enterrá-lo?

Pensar muito em quem te machucou é lhe dar muita importância...
E será que ele é tão importante assim para você?


Claro que não! Tudo não passa de vaidade, acredite. Oras, pra quê perder tanto tempo lembrando as mazelas da vida, envenenando o sangue com orgulho besta?
Você fecha os olhos e lembra, e estas lembranças, ao contrário do que tenta demonstrar, infernizam sua vida, fazem com que se sinta amarga e rancorosa.

E rancor não é perdão.
Pombas, como é possível perdoar se você não é capaz de esquecer!?
Então, esqueça! Nem que tenha que fazer uma lavagem cerebral, é preciso apagar todos os pensamentos que lhe devoram por dentro.

Negue estes pensamentos, diga não aos rancores e às mágoas, pois de nada vale alimentá-los.

Aprender a negar um determinado pensamento é fundamental para que ele não crie raízes em sua mente, ficando por lá, igual erva daninha. Por isso, ao sentir que sua "mente justiceira" começa a dar palpites em sua vida, diga a si mesma:
"Não quero este pensamento na minha vida!
Cala boca cabeça de merda!"

Claro que terá que passar horas e horas brigando com seus pensamentos, porém, se souber se impor, no final a vitória será sua. 

Oras, não é você quem manda em sua mente? 
Então, domine-a!

Imagine aquela pessoa que te machucou dentro de uma sala bem escura. Agora comece a pensar em tudo que aconteceu, nas coisas que ela te fez de errado. Imagine com todos os detalhes que lhe vierem à mente. Nossa, mas como estes pensamentos são ruins...
E se eles são ruins, nada mais lógico que se livre deles, certo?

Então, nesta sala escura existe uma porta. Abra esta porta e diga a si mesma: "Eu te liberto da minha vida...Você não significa nada para mim!" Depois imagine esta pessoa deixando a sala, carregando um fardo enorme, com tudo de ruim o que ela lhe fez. Feche a porta e faça com que ela desapareça, ficando apenas o vazio, a escuridão, por onde ela jamais poderá voltar.

Faça isso quantas vezes forem preciso, até que não consiga mais imaginá-la. 
Então, acredite, ela não terá mais nenhuma influência.

O ÓDIO QUE VOCÊ CARREGA EM SEU CORAÇÃO OCUPA UM ESPAÇO VITAL EM SUA VIDA

E quando não tiver tempo para imaginar a sala e tudo mais, basta que recuse tais pensamentos com toda força que tiver.

Começou a se formar a imagem do traste em sua mente agora? Basta repetir várias vezes, como se fosse um mantra, "Não! Não! Não!....

E se a voz desta pessoa começar a ecoar dentro de sua cachola, invente uma musiquinha bem singela, algo como "Tô nem aí! Tô nem aí...Não venha me falar dos seus problemas que eu não quero ouvir!"

É, minha cara, apesar da qualidade discutível desta música, ela é um ótimo mantra na hora de esquecer.

Ou então, pode usar uma música que odeia, algo bem cafona, e cante quando ele vier à sua mente. Pode parecer loucura, mas a mente irá associa-lo à algo que repudia, então, para não ter que escutar novamente a maldita música, ela irá bloquear tais pensamentos.

E quando começar a gostar da música, basta mudar para algo pior, como:
"Um elefante incomoda muita gente..."


Outra forma de limpar a mente destes entulhos que carrega é escrevendo tudo o que acha a respeito dessa pessoa em uma folha de caderno. Depois, quando terminar, queime tudo, jogue na privada e dê descarga!

Ao queimar o papel e jogá-lo em um lugar tão chinfrim e dar descarga, você tira toda a importância destes pensamentos.

E eles se tornam tão descartáveis...

Faça isto durante 21 dias, sem nenhum pudor em meter o pau.
E pode xingar essa pessoa de todos os palavrões que conhece, até desejar que morra de tétano num exame de próstata, que no final, ao se livrar deste monte de lixos que carrega, irá se sentir mais leve que uma pluma.

Estes tipos de pensamentos repetitivos, todos carregados com muita raiva e rancores, acabam ativando uma especie de auto-defesa da mente, fazendo com que ela se recuse a pensar em quem lhe ocupa tantos neurônios. Por isso, no décimo dia sua mente vai surtar e você vai ter que se esforçar para continuar a pensar no traste! 

Mas não interrompa o exercício!

Ninguém alcança a paz se não se reconciliar com si, se não souber calar as vozes que envenenam a alma. Entenda que todo este veneno que sente é resultado da sua incapacidade de esquecer, de deixar o mal partir de sua vida. E como é mais que natural, tudo aquilo que é incapaz de lidar acabará se transformando em feridas.
Mas é por sua culpa que elas não cicatrizam.

O problema é que tem gente que não esquece porque prefere carregar defuntos até o fim da vida!


..........................................................................................................
Leia meu livro QUERO SEU SORRISO DE VOLTA e vire uma mulher ruim e feliz!!
www.revistaandros.com.br - © Copyright 2016 - Revista Andros

Nenhum comentário:

correr atrás é afastar o outro