domingo, 31 de maio de 2015

Não era para ser segredo? Por que ele contou para a esposa?

Não era para ser segredo?

Você conheceu o carinha, ele foi sincero e disse que tinha esposa ou namorada.

Ok, como você não estava nem um pouco interessada em algo mais sério, achou que seria um boa liberar o playground.

Sabe como é:

Homens comprometidos dificilmente colariam no seu pé.

Tanto que você nem quis saber do velho papo furado sobre a esposa ser ruim feito uma peste, ou aquele papo ridículo de que eles vivem um relacionamento aberto.

Oras, você só queira dar umazinha, por isso deixou bem claro suas intenções:
 "Não quero nada com você, cara! Só vai ser sexo!"

Só que num belo dia, o traste resolve abrir a caixa de pandora, e conta para a esposa que deu uma pulada de cerca. Veja bem, ele poderia te deixar fora do barraco, resolver tudo com a outra, enfim segurar o rojão e assumir o erro, só que o traste acabou dando seu nome e endereço.

E aí já era o seu sossego, porque a outra resolve te procurar para limpar a honra na base do sopapo.

Mas quem diria que uma simples noite acabaria com você tendo uma maluca na porta da sua casa?

Pior é que nestas horas elas nunca aparecem sozinhas, já reparou?

É um tal de levar a melhor amiga (sedenta de sangue, claro), a prima solteirona com cara de caceteira, mas que ainda tem coragem de te chamar de puta, sem contar aquelas que levam até os filhos.

É jogo sujo, porque como é que você vai poder mandá-la para o inferno na frente dos filhos?

Aliás, tem que ser muito mulherzinha para ir tirar satisfações com a outra.

Oras, se alguém deve respeito e fidelidade é o marido, então resolve as coisas com ele, cacete!

Agora, onde é que está o palerma que te jogou nesta sinuca de bico?
Longe, minha filha, bem longe. Afinal, ele sabe que a melhor coisa que fez foi repartir um pouco o ódio da esposa com você. Sabe como é, mulheres podem odiar muito mais a outra que roubou seu brinquedinho, muitas vezes poupando os maridos.

Uma leitora me escreveu contando que passou por isso, por causa de um cara que contou para a esposa que tinha ficado com ela. Detalhe: eles eram um "casal aberto"!! 

"Ah, minha esposa não liga...Somos um casal liberal."

No final ela teve que sair no tapa com a esposa do cara para não apanhar.

E a galera da rua lá, se divertindo, só jogando lenha na fogueira.
Claro, quer maior diversão do que ver duas mulheres brigando por causa de macho?

Bem, tirando a diversão que ela ajudou a proporcionar para a vizinhança, pelo menos descobriu que brigava bem...

Taí outra coisa deprimente:

Levar chifre a ainda levar uma surra da outra!

Agora, e quando você nem tem idéia de que o cara tem mulher, filhos e um casal de poodles?

Sim, porque não adianta dizer que também foi enganada, que jurava que ele era solteiro, porque sua carinha de santa não engana.

E foi o que aconteceu com outra leitora que estava saindo com um cara que, diferente dos outros, era evangélico, respeitador e ainda queria se casar com ela no final do ano. Só que ele tinha esposa. E num ataque de remorso, resolveu dar seu testemunho na igreja, na frente de todo mundo.

Agora, é muita sacanagem uma mulher descobrir que é chifruda ao som de um coro de "Aleluia!!"

Então, num belo dia, ainda sem saber que o sacana havia revelado tudo para a esposa, como ele não a procurava mais, essa leitora resolveu mandar um e-mail para saber se o casamento ainda está de pé....

Bem, ela acabou descobrindo da pior maneira que teria que cancelar seus planos de casamento...

A esposa respondeu o e-mail com uma foto da família reunida e um pedido:

Pare de tentar os homens casados, Meretriz.

..........................................................
Leia meu livro QUERO SEU SORRISO DE VOLTA e vire uma mulher ruim e feliz!!
www.revistaandros.com.br - © Copyright 2015 - Revista Andros

Todo ciumento gosta desta maldita frase: "QUEM AMA CUIDA!"

Perigo! Homem ciumento!

Todo ciumento gosta desta maldita frase:
"QUEM AMA CUIDA!"


Cuidar de quê, afinal?

Cuidar para a mulher não ficar muito solta, para ela não sair dando para todo mundo? Ou cuidar para que ela não descubra que existe vida bem melhor longe de um traste ciumento?

Então, talvez seja melhor mudarmos a palavra "cuidar" para "vigiar"?
Claro, fica bem mais apropriado dizer:

"Quem não vigia, perde".

O problema é que você só perde aquilo que te pertence.
Mas ninguém é propriedade de ninguém!


E nem me venha com aquele papo furado de que quem ama sente ciumes, porque não cola! Sentir ciumes de vez em quando é natural, mas sentir-se dono da vida do outro é doença!!!

Ciúme é o desejo de se impor, controlando pelo medo e por intimidações o que o outro faz, pensa ou deseja fazer. É uma porcaria de sentimento tão nojento, que somente gente bem sórdida pode achar alguma qualidade nele.

O ciumento é aquele que acredita viver com o inimigo, não com alguém que realmente o ame. Para ele, por mais que uma mulher pareça uma santa, sempre estará disposta a traí-lo na primeira oportunidade.

Sentir ciúme é até aceitável, mas ser ciumento já é caso para um bom psiquiatra!

E como todo maluco alucinado, mais cedo ou mais tarde eles acabam reagindo com violência. Não tem destas de achar que um dia o traste vai mudar. Maluco precisa de tratamento, caso contrário, quando ele sentir que está perdendo o controle sobre sua vida, vai te encher a cara de sopapos.

Ah, e como todo alucinado ele irá pedir desculpas, colocar a culpa na sua incapacidade de raciocinar, e outras baboseiras.

Mas não se iluda, meu amor, se ele bater uma vez, vai bater novamente.

E quando a mulher não dá nenhum "motivo" para desconfianças, e ainda tem que se desculpar pelo o que não fez? Sim, porque na cabeça destes malucos passa tudo o que não presta. Se ela olha para os lados, ele já acha que está procurando homem. Basta ela atender o celular (quando ele deixa ela atender), para ele achar que deve ser algum amante marcando uma ponta.

Sinceramente, não sei quem é o pior nesta loucura toda, se o ciumento alucinado, ou a mulher que se sujeita a viver ao lado dele...

Deve ser porque todo maluco diz que vai mudar depois de cometer o ultimo ato de loucura.

Só que o tempo passa, eles fingem que estão curados, dão uma de bonzinhos, mas no fundo estão pegando fogo por dentro, loucos para apertar o pescoço do zelador do prédio que te disse "bom dia".

Que tal fazer um teste para descobrir se ele é um maluco ciumento?


-Ele fica irritado quando você olha para os lados e costuma dizer que te mata se descobrir que tem outro? 

-Ele vive dizendo que foi traído muitas vezes para confiar em alguém? 

-Quando você sai sem avisa-lo, acaba tendo que passar horas para calma-lo? 

-Ele é do tipo que acha que nenhuma mulher merece confiança? 

-Ele vive dizendo que MULHER DELE não faz isto ou aquilo? 

- Apesar de adorar olhar para as pernas da outras, ele te proíbe de usar minissaia ou shorts? 

- Para ele, as mulheres se dividem em galinhas, piranhas, vadias, e a mãe dele, a única santa do mundo?

-E quando você quer variar um pouquinho na cama, ele fica irritado querendo saber com quem você andou experimentou a posição do cachorrinho? 

- Você não pode ficar um minuto pensativa que ele já quer saber em "quem" você estava pensando? 

- Ele se julga com direitos sobre tudo em sua vida, desde sua agenda telefônica até seus mais íntimos sentimentos?

-Ele vive perguntado se teria coragem de trocá-lo por outro homem? 

-É ele quem determina suas amizades e vive dizendo que seus amigos são viados e suas amigas piranhas? 

-Para ele, mulher casada não precisa estudar ou trabalhar. 

-Quando estão em um lugar cheio de homens, ele costuma estufar o peito, erguer o queixo e ficar encarando todo mundo com cara de poucos amigos, como se fosse seu segurança? 

-Já perdeu as contas de quantas vezes ele quis sair no tapa com outro homem por SUA causa? 

-Ele acha normal o homem trair, mas acha que mulher que trai não passa de piranha?







Resultado:
Se o ele costuma fazer qualquer coisa acima, é melhor mandar passear e jogar sal nas costas que é para ele não voltar.

Será que ele é? Tem mulher que fica cismada em relação à masculinidade do seu parceiro...

SERÁ QUE ELE É?

Tem mulher que fica cismada em relação à masculinidade do seu parceiro, mas como não tem coragem de chegar nele e colocar as cartas na mesa, prefere ficar especulando sobre o assunto: 

Será que ele é? 

Então, para resolver logo este dilema, perguntei para alguns amigos gays sobre quais sinais seriam mais evidentes para saber se ele joga água para fora da bacia.

Então vamos lá, ver as dicas que eles me deram:

Seu amor costuma dar um "gritinho" de dor quando algum amigo o cumprimenta com um aperto de a mão mais forte?

Quando vocês vão para a praia ou para a piscina, ele fica olhando para os rapazes com aquele olhar perdido, imaginando-se uma sereia que atrai os bofes com seu canto mágico?

Ele simplesmente é louco pela Lady Gaga, Madona, assiste os programas de moda na TV a cabo, e vibra de emoção quando o galã da novela das oito dá aquele beijo na mocinha?

Ele sempre arruma um amigo novo, bem mais jovem que ele, de corpo malhado e cara de puxador de ferro que ele nunca convidou para entrar em sua casa, apesar dos seus insistentes convites?

Ele fala o tempo todo neste amigo e só fica no "Sergio isso...Sergio aquilo"?

Apesar dele ter passado a semana inteira sem fazer sexo com você, quando chega o sábado ele se arruma todo e sai para "jogar truco" com o amigo Sergio? 
E, no domingo, quando você está pensando que ele vai dar pelo menos umazinha  ele diz que está com enxaqueca?

Suas amigas acham que você é sortuda por ter se casado com um homem sério que nunca deu em cima de nenhuma delas, nem na época do colégio?

Quando vai para a cama ele veste um pijaminha de seda, passa creme anti-rugas no rosto e se deita bem na beirada da cama para ficar bem longe de você?

Quando garoto, seu filme inesquecível não foi "Guerra Nas Estrelas", "Indiana Jones" e nem mesmo "ET - O extraterrestre", mas os adocicados "Bambi", "Mágico de Oz" e "Cinderela"?

Ele ama de paixão Village People, Laura Gaynor, Donna Summer, ABBA e tudo que lembra a época dourada das discotecas?

Ele gosta de colocar um shortinho colorido (rosa, por exemplo) feito de malha, que fica enterrando o tempo todo na bunda, depois calça um par de chinelos coloridos e vai lavar o carro bem na hora que o filho da vizinha costuma aparecer na rua?

Quando ele resolve transar com você, sempre o faz com má vontade e ultimamente tem percebido que ele parece sentir nojo?

Ele anda reclamando que você só pensa em sexo o tempo todo e não consegue entender que ele anda muito estressado com a crise do país para pensar em sexo?

Apesar dele estar estressado, sempre fica até altas horas da noite na internet, conversando com o amigo Sergio?

Você nunca consegue se lembrar de um único dia em que o pegou olhando para uma mulher bonita, mas nunca conseguiu entender porque ele sempre fica olhando para os lados quando tem algum garotão por perto?

De uma hora para outra ele resolveu usar umas cuequinhas coloridas, bem pequeninas, que sempre faz questão de usar quando vai jogar futebol com o  amigo Sergio?

Apesar dele ter um monte de "amigos" que ele jura que são parceiros de futebol de salão, nenhum deles tem cara de zagueiro de várzea ou centro-avante rompedor? 
No máximo parecem "go go boys" ou parte de um corpo de balet?

Quando ele vê uma barata, quase desmaia de pavor e pede "pelo amor de Deus" para você matar o bicho nojento porque morre de nojo?

Na hora do sexo qualquer posição já serve para ele, pois ele não é muito exigente apesar de sempre ficar folheando revistas de sexo explicito ou assistindo filmes pornôs?

E, toda vez que aparece o instrumento enorme do ator pornô, ele se ajeita no sofá para ver melhor?

Quando ele se arruma na frente do espelho, sempre dá uma viradinha para ver se o bumbum está legal?

Apesar de você ser um mulherão, ele nunca diz que você esta gostosa ao vê-la só de calcinha? No máximo (e raramente), ele diz que esta bonitinha?

Tem encontrado algumas de suas calcinhas jogadas na gaveta como se alguém tivesse usado e jogado de volta?

Nas festas, em vez dele ficar junto com amigos, ele prefere ficar conversando sobre amenidades femininas com as suas amigas?

Ele resolveu frequentar sauna porque todo mundo diz que é boa para a pele e para o organismo, mas nunca levou você junto com ele, apesar da sua pele estar um caco?

A maioria dos homens não gosta de ganhar meias, gravatas e cuecas de presente!!!!"

Mulheres & Presentes.

Meninas, aqui vai uma revelação que vai deixa-las assombradas: 

A maioria dos homens não gosta de ganhar meias, gravatas e cuecas de presente!!!!"

O pior é receber o mesmo tipo de presente todos os anos. Eu gosto de ganhar camisas, mas não gosto de ganhar sempre camisas e apenas camisas! 

Muitas mulheres quando querem que o cara mude o visual preferem dar roupas  em vez de chegar e falar com o sujeito. Por exemplo, se ela adoraria vê-lo com algo mais comportado, ela compra aquela calça social ou aquele terno, e faz aquela carinha de deslumbrada quando ele experimenta as roupas. . 

"Ai, amor, você ficou tão lindo com esta calça social..."

Aliás, as mulheres quase sempre nos convencem.

E sabem como as mulheres conseguem nos convencer?

Porque elas dizem que ficamos mais bonitos, jovens e "gostosos"!

Uma vez uma namorada me disse que tinha uma surpresa muito boa para mim. Bem, do jeito que ela me olhava com aqueles olhos brilhando de felicidade, pensei que deveria se tratar de alguma coisa bem picante em matéria de sexo! 

Sim, por que a gente sempre acha que surpresa muito boa sempre vai estar associada à sacanagem! 

Mas ela me deu uma bermuda de tenista, daquelas que tem bolsos do lado e deixam a bunda da gente parecendo que vai explodir! 

Claro que eu gostei do presente, que era de muito bom gosto.

Só que eu percebi que era muito mais um presente para ela do que para mim. Sim, ela tinha tara por bermudão de tenista!! E ela ficou tão excitada  que não parava de dizer que eu estava gostoso! Eu me olhei no espelho e vi que não estava muito diferente, mas como ela dizia que estava gostoso, acreditei e fiquei todo cheio! 

Olha, se eu tivesse descoberto que ela ficava daquele jeito só por causa de uma bermuda, já teria comprado uma há muito tempo!

Outra vez eu fui comprar um blazer com uma outra namorada. Escolhi um bem bonito, porém discreto, no estilo esportivo. De repente, minha namorada ficou apaixonada por um outro blazer xadrez, em tons de verde e bege, que era um horror! Mesmo dizendo que não ia usar aquilo nem amarrado, ela disse que eu ficariam lindo. E ela me convenceu com a ajuda da vendedora. 

Caramba, duas mulheres falando que você ia ficar um gato, já era covardia...

Bem, só usei aquele blazer duas vezes e depois o guardei no guarda-roupas, na esperança que um dia ele acabasse virando o último "grito da moda mundial"!

Aliás, nunca tentem mudar o parceiro da noite para o dia.

Se ele gosta de se vestir de uma maneira que não é lá estas coisas, estilo porteiro de funerária, a melhor coisa é ir mudando o sujeito aos poucos, e sem afetar totalmente a personalidade do cara! 

O pior é que muitos homens ganham presentes bem escrotos e ainda tem coragem de sair na rua! 

Uma vez um amigo chegou vestido com os presentes que ganhou da esposa no dia do seu aniversário: chinelão estilo cangaceiro, camisão roxo com estampas verdes, amarelas e laranjas. Como desgraça pouca é bobagem, ela ainda vestia um bermudão amarelo, que dava um certo ar deprimente às suas pernas tortas e brancas de doer a vista! 

E o pior é que ele dizia orgulhoso que tudo aquilo era presente da esposa!!!!

Juro que me divorciava se uma mulher me fizesse sair fantasiado de alegoria de carnaval!

Mas eu aposto que ele só usou aquelas porcarias depois dela ter dito que ele tinha ficado liiiiiindo!

Cueca é outra coisa que as mulheres quase sempre erram na hora de comprar.

Muitas acham que devem ser iguais calcinhas, apertadas e que enterram na bunda! 
Mas, se a gente andar com uma coisa apertada, o máximo que vão ganhar é um homem que fala fino e que anda com as pernas aberta, igual cowboy! 

Ah, mas as famosas cuecas "samba-canção" , feitas de seda, são as piores! 
Primeiro que nunca encontrei uma que não tivesse aquelas estampas horrorosas, de cores berrantes. Segundo, que as mulheres compram cuecas de poliéster, pensando que são de seda e acabam fritando os ovos dos namorados! 

Sim, porque não existe nada mais terrível para nossos "preciosos" que o contato com o poliéster! Eles queimam, ficam suados e ardem como se tivessem recebido um banho de ácido. É chegar em casa, retirar a maldita cueca, abrir as pernas e ficar abanando o bimbo para apagar o fogo!

Todo homem tem um trauma de infância com relação a roupas. 
E comigo não foi diferente! 

Minha mãe adorava comprar calça boca-de-sino, daquelas que pareciam capas de liquidificador, feitas de veludo, que varriam o chão! Na época todo mundo achava lindo usar uma coisa daquelas, menos eu! Eu odiava!!!!!!

Eu detestava me ver parecendo um dançarino de merengue, um Sidney Magal em miniatura!

domingo, 24 de maio de 2015

não sei bem quando comecei a me interessar pelos dramas femininos, mas creio que minha mãe teve uma grande dose de "culpa".


QUANDO DESCOBRI O SOFRIMENTO FEMININO.

Olha, não sei bem quando comecei a me interessar pelos dramas femininos, mas creio que minha mãe teve uma grande dose de "culpa". 

Quando eu era pequeno, com seis, sete anos de idade, minha mãe adorava me levar com ela para um salão de uma cabeleireira perto de casa. Ela me deixava sentando em um canto, sem ter o que fazer, quase morrendo de tédio. Eu odiava aquilo, queria ficar na rua, brincando com meus amigos, mas ela me arrastava e me jogava naquele "antro de lamentações femininas".

E eu ficava lá...

Como como não tinha o que fazer, eu pegava as revistas femininas que ficavam jogadas e cima de uma mesinha de centro, e começava a ler um por uma, contando os minutos para minha mãe ir embora. Só que eu descobri que minha mãe não ia lá só para se arrumar, mas para saber as últimas noticias da vizinhança.

E foi lá, no salão daquela cabeleireira, mal conseguindo respirar em meio ás nuvens de laquê, cheiro de esmaltes, acetonas, tinturas e dos secadores de cabelos - que eram imensos e barulhentos-  que eu recebi meus primeiros ensinamentos sobre relacionamentos amorosos. 

Lógico, elas ficavam receosas de contar certos detalhes picantes na frente de um menino, mas depois de um tempo nem se lembravam mais da minha presença. Então elas falavam abertamente e eu eu, um menininho de seis anos, comecei a aprender sobre os dramas das traições e sobre as surras que os maridos davam em suas esposas. E apesar se viver em uma época onde a violência doméstica era tratada com algo natural, um mero castigo para esposas que mereciam apanhar, eu me revoltava com tudo aquilo, pois sabia que nada podia justificar um homem espancar sua esposa.

Eu apanhava da minha mãe quase todos os dias, por isso eu podia entender a dor daquelas mulheres.

Aliás, nessa época era comum as mulheres espancadas passarem um tempo trancadas em casa até os hematomas sumirem, igual acontecia comigo, que muitas vezes faltei às aulas para ninguém ver as marcas de espancamento no meu corpo.

E o que dizer das mulheres desquitadas, então? 

Naquela época ainda não havia divórcio no Brasil, só desquite. Então, para definir a moral de uma mulher bastava falar : "ela é desquitada". Bastava isso. Não importavam os motivos, pois uma mulher direita jamais poderia se separar. Minha mãe nunca foi de ligar para isso, tanto que meu pai morria de ódio por ela insistir em ter amigas desquitadas.

Mas é claro que a imensa maioria das mulheres tratava as desquitadas quase como leprosas. Quantas vezes eu vi mães de amiguinhos meus que não os deixavam ir em festas de aniversário "do filho da desquitada".

Realmente, mulheres nem sempre são as melhores amigas das mulheres.

Sempre estudei em colégios católicos, onde a disciplina era total. 
Só que eu sempre fui meio contestador. Sabe como é, enquanto as outras crianças achavam normal o estória de Caim e Abel, eu preferia uma explicação lógica: 

"Peraí...Como é que Caim foi banido e todo mundo foi proibido de dar abrigo ,água e comida para ele, se só tinha o Adão, a Eva e o Caim??" 

Pronto, começaram minhas diferenças com as religiões...

Não que eu fosse um ateu - muito pelo contrário, eu só não aceitava que Deus, com todo seu amor, poderia classificar as mulheres como seres de segunda linha. E foi por isso que com 13 anos de idade eu deixei de ser católico e nunca mais quis saber de nenhuma outra religião. 

Mulheres não são seres inferiores que já nasceram marcadas à ferro como impuras. 
Não, definitivamente, mulheres não são serpentes colocadas na Terra para tentar os homens com seus corpos lascivos e suas línguas bifurcadas, que proferem entre um sibilo e outro, palavras doces, mas ardilosas.

E eu também namorava as chamadas "biscates", "galinhas", "vagabundas".
Meu pai ficava puto da vida, tentava me dar lições de moral sobre o tipo de mulher que eu deveria namorar, mas eu sempre o deixava falando sozinho. Então ele reclamava com minha mãe, que vinha com uns papos de "mulher certa e mulher errada", e ela também ficava falando sozinha. 

E sabe por que elas eram biscates? 

Porque fumavam, falavam o que pensavam, usavam vestidos curtos, e algumas até tinham cara de maconheiras. 

Só que eu também tinha cara de maconheiro!!!
Eu nunca me meti com maconha ou cocaína, mas era maconheiro. 
Noventa por cento dos meus amigos fumavam e cheirava carreiras de coca, mas as mamãezinhas deles achavam que eu era o Junker do pedaço.   

Mas o que me fez mudar totalmente minha maneira de encarar o sofrimento feminino aconteceu por causa de uma tia, que morreu de tanto beber porque não aceitava viver longe do ex-marido. No começo eu que ele era o culpado por ela ter se afundado tanto. 

Mas eu era um moleque de 16 anos, não entendia que escolha de sofrer era dela. 

Pombas, eles estavam separados há vários anos, e em vez dela seguir adiante, preferiu uma vida de beber até cair. Quantas vezes eu a vi jogada no chão de sua casa, bêbada, muitas vezes suja, toda urinada, chorando sem parar...

Ela era uma mulher bonita, elegante, cheia de vida, mas morreu para o mundo no dia em que o marido saiu de casa...

Por isso que eu me irrito com gente que se diz apaixonada, que lambe o chão e acha que é por amor, porque para mim o amor não pode ser ofendido por atitudes tão ridículas!! Odeio sim, mulherzinhas, as eternas coitadinhas que vivem como carpideiras, lamentando o amor de um homem que está muito mais feliz longe delas.

Odeio gente que sofre e se recusa a lutar contra a dor.

Lutar seria correr o risco de vencer, livrar-se de uma dependência, mas eu descobri que muitas jamais abririam mão da dor que as motivam. Sim, estou cansado de tentar ajudar mulheres que reclamam, que sofrem e juram que nunca correrão atrás de um homem, mas basta uma simples esperança e elas largam tudo e voltam a se humilhar.

Aliás, a melhor coisa que aprendi observando o mundo é que a pior coisa que se pode fazer é tentar convencer alguém que vale a pena nos amar.


....................................................................................................

domingo, 17 de maio de 2015

Qual é o refrão da sua vida? Sua vida amorosa não passa de uma letra de forró de quinta categoria?

Qual é o refrão da sua vida?

Esta matéria é para aquelas mulheres que ainda não se deram conta 
de que suas vidas amorosas não passam de comédias de baixo orçamento...

Então, podem preparar o bonequinho de vodú com a minha foto...

Adoro ouvir forró mela-cueca, destes cheio de letras passionais, com histórias de traições e rompimentos. Para mim não tem este papo de forró Pé de Serra, nem de forró universitário. O que gosto mesmo é de forró mela-cueca!!

 Afinal, onde mais poderia escutar algo tão inspirador para escrever algumas de minhas matérias, como o refrão de um forró que diz que: "Amor de amante é mesa de bar, banco de carro e quarto de motel"

Puts! Isso é muito inspirador!!!

Na verdade, apesar de adorar rock pesado, punk rock e mpb, quando ouço este tipo de música, eu me divirto muito. Sim, eu me acabo de tanto rir e ainda aprendendo um bocado sobre relacionamentos amorosos neuróticos. 

Se estou meio azedo, sem inspiração para escrever, basta ligar o rádio e escutar "Calcinha Preta", "Aviões do Forró" , "Gatinha Manhosa" ou qualquer Fulaninho dos Teclados, que me baixa de vez o Dr. Andros.

Principalmente quando um casal canta suas mazelas amorosas, aquela coisa da mulher mandar o homem voltar para a esposa (" ou ela ou eu"), e ele responder, com voz chorosa:
"Não posso tomar essa decisão...Assim vai machucar meu coração"

Oras, ele ama as duas!!

Uau!!! Vai ser cara de pau assim no inferno!!

Isso é Ópera pura!!!! 
Letra de forró não deve nada às histórias tragicômicas dos italianos!

Quer coisa melhor do que ouvir algo como: "Se tirar esse balcão, esse corno cai, esse corno cai..."?

E é um tal de: 

"Perdoa-me!!!...Na, na, na, na, não!".
, "Sem você não sei viver..."
 "Você só me usou para seus momentos de prazer..."
 "Louca por você...Sou dependente deste amor..."

Está sentido algo de familiar no ar? 
Não parece um pouco com sua vida amorosa, por exemplo?

Então, se você consegue rir destas situações por que leva tão a sério suas desventuras amorosas? Será que se fizessem uma letra para descrever seus romances não teríamos também algo do tipo dramático e risível?

Ah, não, seus sofrimentos são coisa séria, chega a ser ofensivo imaginar o contrário.

Só que não são!!!
Pegue suas últimas experiências e veja o quanto você tem se comportado como uma alucinada, movida por paixões neuróticas, e veja como dariam ótimas letras de forró mela-cueca.

Na pele das outras pessoas tudo parece ridículo, você até acha o cúmulo do absurdo uma mulher sofrer por um homem que vive pulando a cerca, "brigando de dia e se acabando na cama de noite", mas será que as coisas são tão diferentes com você?

Sei lá, será que o melhor refrão para a canção da sua vida não seria algo do tipo:

"Você não vale nada, mas eu gosto de você"

Não? Então, já que faz mais de um século que ele se mandou da sua vida, mas você ainda dorme com seu retrato do lado da cama, que tal um refrão do tipo"Volta pra mim, porque sem você não sei viver"?

O que é isso, mulher? 
Já não está na hora de deixar de lado esta vida patética, cheia de dramas de mal amada? Vai aprender a se dar o devido valor, cacete! 

Garanto que é bem melhor do que ficar com ódio de mim por ridicularizar seus sentimentos.

Eu sei que seria mais educado da minha parte escrever algo mais suave, tentar entender pelo o que está passando. Fala a verdade, você adoraria ler uma matéria que exaltasse seus sofrimentos, que te desse força para aguentar esta cruz que carrega, não é mesmo?

Quem sabe assim eu não precisaria deletar a porrada de emails que recebo de mulheres sensíveis, que adoram me xingar.

Só que não dá, meu bem...

Como posso escrever algo bom se a sua vida amorosa não passa de uma letra de forró de quinta categoria?
..........................................................
Leia meu livro QUERO SEU SORRISO DE VOLTA e vire uma mulher ruim e feliz!!
www.revistaandros.com.br - © Copyright 2015 - Revista Andros

VENENO NA LÍNGUA - Você diz que ele não ganha suficientemente bem, que suas amigas se casaram com homens de sucesso

VENENO NA LÍNGUA

Se você já está de saco cheio dele, se está arrumando briga com ele por qualquer motivo, não seria bom parar um pouco e pensar sobre o que você espera desta relação?

Ou melhor: 

Não seria mais fácil aceitar que você não espera mais nada deste relacionamento e que só está ao lado dele pelo único motivo de tornar a vida do infeliz num inferno?

Olha, se a sua vida já chegou naquele ponto onde não existe mais respeito pelo cara, e  tudo que ele faz te deixa irritada, pode ser que esteja tão decepcionada com ele, que tenha resolvido puni-lo por ele não corresponder mais às suas expectativas.

E este tipo de punição se reflete no seu rosto carrancudo, quando ele mal coloca os pés dentro de casa e você sente tão incomodada, que prefere se trancar no seu quarto. 

Em vez de abrir o jogo e a porta da rua para um dos dois se mandar, você prefere ficar o tempo todo colada nele, só para poder colocar para fora as suas raivas e frustrações. 

E é um Deus nos acuda! 

Você diz que ele não ganha suficientemente bem, que suas amigas se casaram com homens de sucesso, que ele já não te satisfaz na cama...

Qualquer outro homem já teria se mandando, mas você sabe que ele só fica ao seu lado porque ainda te ama.

Olha, este tipo de relacionamento se baseia principalmente na crueldade, por isso que  você sente um prazer patológico de tornar a vida dele um suplício.

E isso só é possível enquanto ele ainda estiver envolvido emocionalmente por você.

Ou seja: 

Você maltrata porque sabe que ele não reagirá á altura por causa que ainda te ama.

E eu te pergunto: pra que? 
O que você vai ganhar com isso, criatura? 

Se ele não é o que você gostaria, se suas ilusões de mulher mimada caíram por terra, depois do primeiro ano de casamento, por que não arruma as malas e se manda? 

Já parou para pensar que por mais que se ache superior à ele, você não é capaz nem de terminar uma relação falida? 

E não termina, por quê?

Afinal, se ele é tudo de ruim, se a vida ao lado dele é um tédio, se não consegue nem ir pra a cama com ele, o que está te prendendo? 

Oras, que benefício está conseguindo para sua vida? 
Por acaso você se sente melhor sabendo que tem alguém para pisar? 
Isso te faz mais forte e confiante até que ponto?

Ao contrário do que imaginam, o contrario de amor não é o ódio, é o desprezo.


Velha demais para ele...

Velha demais para ele...


Muitas vezes, quando uma mulher se enrabicha por um homem mais novo, em vez de aproveitar os momentos ao seu lado, ela prefere viver atormentada pela ideia de que ele - por ser mais novo - merecia algo melhor.

"Nossa, o que ele viu em mim?"
"Nossa, ele podia namorar uma novinha..."

Aliás, muitas acham é só uma questão de tempo, que logo o cara vai se tocar que merece coisa melhor e arrumar uma garota mais nova.

Então, conforme os anos vão passando, muitas se sentem como se vivessem em uma contagem regressiva. Um ano não tem mais o peso de 365 dias, já que a diferença de idade parece caminhar em sentido opostos. Aos seus olhos, eles não envelhecem, mas amadurecem, diferente delas que se acham cada dia mais "desinteressantes" e envelhecidas.

Mas será que é isso mesmo? 

Será que o fato de você envelhecer significa que está perdendo a beleza, enquanto que ele está ficando cada dia mais mais belo?

Ou será que tudo não passa de encucação?

Oras, minha filha, se ele está com você é porque gosta de mulher mais velha,não das novinhas. Então, que papo é esse de achar que ele está te fazendo um favor?
Sim, vamos esquecer este papo furado de "ele podia estar com uma garotinha", porque quem disse que somente as garotas novas é que são belas?

Por exemplo, vamos dizer que você tenha 40 anos e ele tenha 25. 

Se você se deixar levar pelas suas loucuras, vai acabar desperdiçando boa parte da sua vida fazendo somas inúteis:

 "Nossa, daqui dez anos eu vou estar com 50 anos e ele com 35!! Em vinte anos eu vou estar com 60!! Em trinta eu vou estar com 70 anos e ele vai estar SÓ com 55 anos!!

E o que vai acontecer, então? 

Oras, você vai entrar em depressão, vai pensar que estará velha e acabada, na fase de cuidar dos netos, enquanto ele estará na flor da idade, cheio de vida, com um monte de mulheres mais novas caindo em cima dele.

No final, você vai se tornar uma mulher paranoica, bem recalcada e depressiva, que vai acabar levando um pé na bunda não por causa da diferença de idade, mas porque você acabou virando um purgante!!

Afinal, ele se apaixonou por esta mulher madura, gostosa e cheia de vida ou por uma maníaca depressiva que entra em parafuso a cada aniversário?

E pode parar com estas manias de mulher fraca, achando que ele só está com você porque não arrumou coisa melhor. 

Se ele está com você é porque é a melhor, aceite e acredite! 
Levanta um pouco este astral e deixa de se desmerecer, mulher! 
Quem disse que só se pode ser bonita até os 25 anos

O seu maior problema não é ele achar ou deixar de achar que está ficando acabada.

 Afinal, ele te acha um tesão (e você é um tesão de derrubar pedreiro da obra), mas você não consegue olhar para si e ver a beleza, porque é uma tremenda preconceituosa. Por isso que prefere ficar arrumando motivos para se depreciar, tentando descobrir o que faz um homem mais novo se interessar por você!

O quê? Você não é preconceituosa? 

Escuta aqui minha filha: de bobo eu só tenho a cara e o jeito de andar.
Por isso não venha dar uma de Maria Mijona porque não cola. Se não é preconceituosa, por que se sente tão deslocada quando leva seu benzão para passear?

Porque, apesar de curtir um franguinho de leite, você acha estranho esta sua atração. Claro, minha filha, a gente só teme o julgamento da sociedade quando achamos que estamos fazendo algo de errado.

De repente os homens na rua olham um mulherão deste ao lado de um carinha que mal deixou as fraldas, se matam de inveja por achar que você é muita areia para o caminhãozinho do sujeito, mas você prefere viajar:

"Acho que todo mundo deve estar me achando ridícula"

Quando as velhas futriqueiras te fuzilam de ódio por ter a chance de trocar as fraldinhas dele, em vez de matá-las de inveja, você prefere evitar que te vejam ao lado dele.

"Deus me livre pensarem que sou uma velha que gosta de pegar garotinhos".

Oh, cabecinha suja, meu Deus!!!
Vai lavar a mente, vai...

Seu namorado é "poodle pé-de-mesa"?

Seu namorado é "poodle pé-de-mesa"?

O seu namorado é do tipo que costuma agarrá-la em qualquer lugar?
 E todas as vezes quando você reclama ele diz que é culpa do tesão?

Sabe como é:

"É que você é muito gostosa, gata!"

E basta você dar uns beijinhos para ele se descontrolar e enfiar as mãos no meio das suas pernas, no seu decote, não ligando se os outros estão vendo ou não?

Então danou-se...
Você é uma "infelizarda" proprietária de um "poodle-pé-de-mesa!



Mas nada de entrar em parafuso, porque existem algumas técnicas para adestrá-lo, tornando-o menos patético.

E a primeira regra é nunca transarem enquanto ele não aprender a se comportar!
E nem se preocupe com o risco dele sair atrás de outro rabo de saia, porque vai ser difícil arrumar outra garota tão paciente como você...

E se arrumar, paciência, você não vai perder grande coisa.

Ele tem que aprender que existe hora e lugar para tudo.
E se você não colocar um limite na falta de bom senso do sujeito, ele nunca deixará de ser um chato, um bolinador compulsivo.

Tem coisa mais chata que um cara ficar apalpando sua bunda o tempo todo?
E aquelas infelizes que sempre que beijam resolvem dar uma apertadinha nos seus seios? Pior ainda são aqueles que pegam sua mão e enfiam dentro da calça.

Então, o lance é mais ou menos assim:

"Junior, se você não se comportar, nada de sexo!

Bem, se em público o seu "poodle" se comporta como um tarado, provavelmente ele deve ser uma piada na hora do sexo.

  Tudo bem, eu nem sei quais são os motivos que te prendem à um cara tão imaturo, mas como gosto não se discute....

Então, é importante saber como controlá-lo na cama. Por exemplo, se ele for muito "afobado", do tipo que gasta toda energia na primeira bimbadinha e depois fica com aquela cara de quem não sabe o que fazer, ensine para ele que uma mulher deve ser tratada com mais empenho.

"Mulher não é Miojo Lámen, que você esquenta três minutinhos é já está pronta". 


Claro, o Junior é um cara muito apressadinho, não está acostumado a ter que esperar para colocar o bimbo na prexeca.

Por isso que todas as vezes o sexo é aquela porcaria, porque ele faz tudo errado e nunca está interessado no seu prazer. Sabe, é aquela coisa de você mal tirar a roupa e ele pular em cima, achando que assim, dando uma de "descontrolado", você fica louca de tesão.

Oras, você tem mais é que abrir o jogo, falar que o sexo que ele faz é uma droga.

 E nada de economizar nas palavras:

"Cara, quem te disse que uma mulher fica com tesão se você esfregar a periquita dela com o dedo, por cima da calça?"
"Cara, eu odeio quando você enfia a língua dentro do meu ouvido!!!"

"E eu não sinto nenhum tesão em segurar seu bimbo!"

Mas a maioria desses caras não faz por maldade.

Muitos aprenderam nas fitas de sacanagem que as mulheres gostam de ser tratadas como bonecas de pano. Por isso que existem muitos caras acham que as mulheres ficam molhadinhas quando apertam os bicos de seus seios como se fossem ordenhá-las, que acham que toda mulher gosta de levar tapas na cama, e que sempre quebram a cara quando se empolgam e soltam algo como "Rebola, vadia"

"Vadia!? Você me chamou de vadia?Vadia é a sua mãe!!"

"Desculpa amor, (fazendo cara de assombrado) é que eu pensei que você ia gostar."

Se for um cara inteligente, mesmo se sentindo um tanto humilhado em seu orgulho de macho, ela vai aprender e irá se empenhar em mudar.

domingo, 10 de maio de 2015

Ele não era assim - Sinceramente, você acredita que foi enganada?

Ele não era assim
**Esta matéria é para as mulheres que desde o início sabiam que o cara não prestava, mas...

Sinceramente, você acredita que foi enganada?

Você acredita mesmo que este homem que agora se mostra tão ruim e que vive ferrando com sua vida, por acaso era um amor de pessoa?

Acha mesmo que ele mudou ou era você que não queria ver a realidade?

Sim, porque estou cansado de ver mulheres reclamando que o cara é uma porcaria, um tremendo de um folgado, do tipo que não levanta a bunda do sofá nem para pegar um copo de água, e a pergunta que eu faço para todas é sempre mesma:

"Mas não era esse o homem que você namorava?"

Sim, claro que a imensa maioria diz que não, que ele era diferente, mas tudo não passa papo de mulher que adora justificar o injustificável. 

Aliás, estou para ver uma mulher que admita que o cara sempre foi uma porcaria.

 O sujeito era ciumento, um cara para lá de possessivo, destes que desconfiam até da sombra, mas era tupo por amor. Sim, ele só tinha ataques de ciumes porque amava tanto, mas tanto, que um dia perdeu a cabeça e agrediu sua amadas. 

O problema com muitas mulheres é que elas se deixam levar pelas primeiras impressões, quando o cara ainda finge ser um amor de pessoa. No começo é só beijinho, meu amor, meu amorzinho, até que o cara deixa de fingir e começa a mostrar as garras. 

Então, será que ele é o cara bonzinho do começo do namoro ou tranqueira que agora se revela um verdadeiro lixo?

Mesmo assim, mesmo vendo a verdadeira face do sujeito, ainda existem muitas mulheres que não acreditam. Por exemplo, como é possível uma mulher esperar algo de bom de um cara que nunca quis saber de trabalhar?

Mesmo assim elas investem na relação.
Fazem de tudo para ajudar o vagabundo, e depois, quando se veem ferradas ao lado de um cara que não vale nada,muitas ainda têm coragem de dizer que ele não era assim? 

"Ah, mas com a força do meu amor ele vai virar um cara responsável".

Por falar nisso, já passa das duas horas da tarde, não está na hora dele acordar?

Uma leitora me escreveu reclamando que o esposo era do tipo que se achava o rei do lar. 
 O detalhe é que logo no começo do namoro ele disse que achava que lugar de mulher era no tanque ou no fogão, porque esse era o papel de uma mulher.

Oras, como é possível uma mulher juntar os trapos com um cara que tem a cabeça na Idade Média, e ainda querer dar uma de pobrezinha?

"Ah, mas eu pensei que ele ia mudar..."

E mudou...Para pior!!!
Depois de um tempo casados, ela não podia trabalhar fora, não podia estudar, não podia conversar com estranhos, nem sair de casa nem para ir no mercado sem permissão...

E ela fazia tudo isso sem reclamar?

Bem, reclamar era o que ela mais fazia...
Reclamava com as vizinhas, com as amigas, com os parentes, nunca com ele.

Uma vez recebi um e-mail de uma leitora que vivia apanhando do namorado. 
Lógico, ela também disse que ele não era assim. Só que no começo do namoro ela já sabia que ele não era de levar desaforos para casa. Vivia brigando com todo mundo, arrumando confusão na rua, enfim, era um bicho xucro, metido à machão.

Então, por acaso você acha que um cara violento, que gosta de resolver tudo na base da porrada, por acaso pouparia a cara da namoradinha? 

Lógico que não!!! 

Tanto é que ele fazia a cara dela de saco de pancadas!!!

Porém, como nenhum cafajeste morre solteiro, hoje ele está namorando outra "futura vítima", que acha um absurdo falarem que ele batia na ex-namorada...

Só que existem mulheres que resolvem apostar pesado em relações suicidas, muitas vezes com este papo idiota de que tudo vale a pena quando existe amor.

Pombas, mas amor de quem, me responda?
Seu é que não é, porque se tivesse um pingo de amor-próprio, jamais entraria numa barca furada.

Sim, você até pode usar como justificativa que ele não era um jagunço, que só mudou depois que passou a beber, ou o diabo a quatro, mas é a mesma coisa, cacete!!!! 

Tudo é uma questão de escolha. 

Reclamar e se fazer de vítima, nada disso vai mudar a situação, será que não se toca? 
Claro que você não é culpada por apanhar, mas se o sapato está apertando, joga fora!

Aliás, uma das piores justificativas que já ouvi foi :

"Ele é um homem bom...Só me bate quando está bêbado" .
..........................................................................................................
Leia meu livro QUERO SEU SORRISO DE VOLTA e vire uma mulher ruim e feliz!!
www.revistaandros.com.br - © Copyright 2015 - Revista Andros

Muito bonita para ser levada a sério - Aposto que todo mundo que olha para você, uma garota tão linda, deve achar que tudo deve ser perfeito em sua vida

Muito bonita para ser levada a sério


Aposto que todo mundo que olha para você, uma garota tão linda, deve achar que tudo deve ser perfeito em sua vida. Afinal, você foi agraciada com o dom da beleza, e, convenhamos, para mulher bonita tudo é mais fácil, correto?

Se você deseja um homem, basta estalar os dedos que aparecem centenas, milhares até. 

E na hora de arrumar emprego, então? 

Ah, como deve ser bom já entrar na disputa com uma larga vantagem...
As outras, pobres coitadas, mulheres comuns, terão que se matar para provar que são competentes, mas você...

Oras, você é bonita demais, quem não vai te querer?

Porém, como verá pelos depoimentos de algumas leitoras, não é bem isso que acontece. 

Aliás, acho que este primeiro depoimento diz muito sobre o que elas sentem:


"Bonita, inteligente e amaldiçoada por ser assim... 
Acho que (os homens) estão acostumados demais com mulher bonita e burra. Tão acostumados que me tratam como um E.T. 
Porra, tenho orgulho do diploma que tenho, porque me custou anos de esforço!!"


Um dos maiores problemas em ser linda e tão inteligente, é que com estas qualidades você acaba atraindo todo tipo de homem, e em grande quantidade...

Quem não gostaria de conquistar uma mulher assim?
 
 Porém, muitos destes homens não valem nem um punhado de terra.

E aí é ruim demais, porque você tem quantidade, mas nem sempre terá qualidade.

Outra coisa interessante é que muitos homens terão medo de você.
Afinal, mulher bonita dá muito trabalho porque todo mundo canta, as amigas sempre acham que ela merce um acara mais bonito...

E muitos desses medrosos ainda correrão de você por achar que merece coisa melhor.

É, minha cara, pode se acostumar com o papo furado de que você é linda, maravilhosa, "super gente fina", mas poucos têm coragem para encarar! 

"Dizem sempre que eu sou uma pessoa linda, maravilhosa e não querem me magoar. Sinceramente, não aguento mais ouvir isso. 
Chegou a tal ponto que quando ouço que sou legal já mando se fuder."

Muitas vezes você acaba pagando o pato também na sua vida profissional. 

É um inferno ter que provar o tempo todo que você não é burra, fútil, e que inteligência não é atributo apenas de gente feia. 

Por exemplo, quantas vezes saiu de uma entrevista de emprego com a sensação de que perdeu a vaga porque acharam que era bonita demais? 

"Ah, ela é tão linda, o que não lhe falta são oportunidades"

Tá bom, tenta pagar suas contas com um sorriso para ver o que acontece.

Parece que por ter nascido bonita você não precisa de tanta atenção e cuidados. 

"Meus pais sempre fazem de tudo para minha irmã mais velha. 
Ela é uma burra e problemática, por isso ganha tudo de mão beijada. E eu que sou a inteligente e bonita, que ralo estudando e trabalho para comprar minhas coisas, por isso acham não preciso de porra nenhuma!"

Ah, mas é claro que tem gente que acha que tudo pode se resolver na cama.

Claro, porque subir na vida é super tranqüilo, porque basta dar para o cara certo para seu salário aumentar. E não importa que você seja super competente, que tenha dezenas de cursos e um diploma da melhor universidade, porque sempre vai ter quem ache que você deu pra subir na vida.

"Nunca precisei ir para a cama com ninguém para conseguir algo. Mas ainda hoje tem gente que me olha de rabo de olho e acha que eu sou vice-presidente de uma empresa só porque fui para a cama com o dono."    

E é claro que não faltam interessados em "facilitar" a sua vida...

Por exemplo, tenho uma amiga linda que nem completou uma semana de trabalho no novo emprego e já recebeu uma oferta de promoção do chefe. 

Claro ela precisava só aceitar um convite para passar o final de semana com ele na praia.

Foi demitida na semana seguinte...

Mas tem sempre aquela "amiga" (feia) que diz que se tivesse o seu corpo, já tinha juntado um tremendo de um patrimônio: 

"Eu é que não ia trabalhar se fosse gostosa como você, amiga." 

Os homens até podem aceitar que uma mulher feia seja mais inteligente do que eles. 
.
"Tem homem que você faz um comentário sobre política ou literatura (nada muito complicado) e ele te olha como se você acabasse de manda-lo tomar no cu!"

Ser bonita e fazer algo, digamos, diferente nem sempre é encarado como normal.

A seleção italiana feminina de vôlei é conhecida muito mais pela beleza de suas jogadoras do que por sua técnica. Então, uma de suas jogadoras estava dando uma entrevista, mas a repórter de TV estava mais interessada em saber se ela tinha namorado, se recebia muitas cantadas e, (esta é clássica) o que ela fazia para manter o corpo. Então, para fechar com "chave de ouro", a repórter perguntou por que ela não escolheu outra profissão ( modelo ou atriz) em vez de jogadora?

Por falar nisso, já reparou que as beldades do esporte depois de um tempo deixam de ser atletas e viram "musas"?

"Jamais faltarão homens se você for uma Barbie Burra. Mas eu não vou virar burra para arrumar homem! Sou linda, bem resolvida financeiramente e prefiro morrer solteira do que burra!"

Sim, mulher bonita tem que ser modelo, atriz, apresentadora de televisão ou se casar com homem rico!

"Você quer ser física nuclear quando crescer, filhinha? Tudo bem, mamãe vai te dar a maior força, mas depois você tem que me prometer que vai arrumar um casamento com um homem bem rico, tá bom?"

É, minha cara, muita gente ainda acha que uma boa bunda é passaporte para um bom casamento.

Então você deixa a universidade, toda feliz da vida, sonhando em trabalhar em uma usina nuclear, mas o chefe não te leva a serio porque acha que mulher bonita é mulher burra?

Não, você não se formou porque é inteligente, mas porque era gostosa. E muita gente ainda acha que seu diploma foi conquistado com a perereca, não por ter se matado de tanto estudar.

E acha que alguém vai ter coragem de colocar em suas mãos tamanha responsabilidade? Nunca!

Por que não faz como sua mãe mandou, hein? 
Vai arrumar um cara rico para casar e esquece este papo de ser física nuclear.

Veja bem, eu tenho uma leitora que estava em um congresso de medicina, que me contou que durante a pausa para o café, os colegas médicos só a procuravam para jogar um charme. Lógico, sempre com a desculpa de discutirem assuntos profissionais: 

"O que você achou sobre a nova técnica de diagnóstico?" Dois minutos depois: "Nossa, como você é bonita...É casada?"

Pior foi um outro médico, que resolveu jogar a maior cantada, sem medir as palavras, só porque achou que ela era uma das recepcionistas do hotel.

Se ela tem namorado?

Bem, ela está tentando, mas como todos ficam espantados quando ela diz o que faz para ganhar a vida...

Sabe como é, namorar uma cirurgiã bonita, inteligente e bem sucedida, não é algo que muitos homens aceitam numa boa...  
...............................................................................
www.revistaandros.com.br - © Copyright 2015 - Revista Andros

domingo, 3 de maio de 2015

Ele te trocou por uma mulher bem pior?

Ele me trocou pela Bruxa

Um dia você descobriu que seu "benzão" estava te botando um belo par de chifres.
E como é mais que natural, entrou em depressão, colocou para tocar um CD de “música para ninar corno”, e se perguntou:

"Por quê, meu Deus?"

Então, depois de derramar rios de lágrimas, você colocou na cabeça que tinha que conhecer a megera, a ladra de homens alheios. E é claro que você imaginou que iria encontrar alguém tão ou mais bela que você (claro, nenhuma mulher espera ser trocada por um bagulho).

Só que a realidade foi bem diferente...

Não, definitivamente não se trata de uma mulher qualquer, mas a maior tranqueira do pedaço!!!

Puts! O cara te trocou pela "Jane Buracão", aquela que só não dá pro sapo porque não sabe quem é o macho! 

Lógico, sua primeira atitude é de espanto:

"Mas ela é uma barraqueira que fala alto, arrota na mesa e coça a xereca na frente de todo mundo, igual macho com chato!!!"

E o pior é que ele ficou apaixonado por ela por causa do sexo!!!

Quando estavam juntos, ele te pegava duas, três vezes por semana e dava um trato, mas com ela o lance é todo dia. Sim, todo dia! E nos finais de semana, quando ele esta de folga no serviço, o picote começa de manhã e só termina quando os morcegos voltam para toca.

O que terá acontecido? Será que ele pirou? Será que está benzido?
Claro, porque não é possível ele te trocar por ela. Justo você, uma lindinha que sempre fez de tudo na cama com ele ("papai-mamãe", "frango assado", "saca-rolha", "alicate"). E olha que você não negava fogo nem quando ele aparecia com uma sacanagem nova:

"Amor, vamos jogar o seu poodle no meio da sacanagem?" 
Coitado do cachorrinho....

Só que ele é louco por um uma tranqueira.

Sim, por mais que esteja de queixo caído, alguns homens simplesmente adoram este tipo de mulher. Claro, porque não são apenas as mulheres que gostam de se enrabichar por tranqueiras, sabia?.

Tem homem que molha a cueca só de olhar para uma mulher sem classe, mais grossa que pele de joelho...

"Mas ela é a maior pistoleira do bairro!!!"

Mas esta também é uma das "qualidades" que ele preza.
Ah, sim, tem homem que nasceu para ser chifrudo, por isso arrumam estes enroscos.
E o mais louco é que alguns curtem tanto o barato, que se deliciam com a possibilidade de levarem um monte de chifres.

Sem contar que ainda tem aquele lance dele brigar e dar uns tabefes na cara dela quando ela der mole para todo mundo.

 Ou seja, ele se realiza dando uma de "malandro do morro", do tipo que sossega mulher no tapa. 

Quanto à ela? 

Oras, ela se diverte no papel de mulher de malandro, caramba.

"Mas se era só pela sacanagem, eu fazia tudo na cama, era bem safada e estava sempre a disposição quando ele chegava com tesão"

Só que você é uma mulher de classe.

Ou seja: não está de acordo com as preferências dele.

Por exemplo: com você ele podia dar uns picotes, o sexo era animal, mas com ela o cara se acaba!!! E não é só em relação ao sexo, não. Como deixei bem claro, ainda tem o prazer do conflito, da adrenalina liberada todas as vezes que brigam por ciúmes.

Por falar em ciúmes, quando estava com você ele nem esquentava.
Pintava uma insegurança de vez em quando, mas nada  igual ao que ele sente agora.

Agora, se ela não está em casa, depois dele ligar várias vezes e cair na caixa postal, ele pega o carro e sai alucinado pela noite, procurando em todos o cantos, curtindo a dor da incerteza, imaginado com quem ela estará: 

"De noite eu rondo a cidade a te procurar...Sem encontrar...Cena de sangue num bar da avenida São João..."

Realmente, a vida que levamos sempre tem um fundo musical...

Mas, como sempre, tudo se ajeita na cama...

"Safada! Piranha!" 
"Você me deixa louco de ciúmes, mas eu te adoro!" 
"E adoro também esse cheiro de outro macho no seu corpo!!!

Tudo bem, o lance está te virando o estômago...

Mas, em matéria de homens, pode-se esperar tudo.

Tem homem que é tarado por mulher fedida, outros gostam mulheres burras e alguns curtem apanhar de mulher.

Então, nada mais natural que também existam aqueles que curtem mulher infiel.

Por exemplo, uma vez uma leitora me escreveu, ao prantos, porque descobriu que seu "morzão" tinha ficado com uma garota conhecida como "Porquinha"!!! 

Porquinha!!?? 

Sim, como ela não gostava muito de tomar banho, ganhou esse apelido por causa das alças dos seus sutiãs que estavam sempre encardidas!

Se as alças do sutiã eram encardidas e sebosas, imagine a calcinha?
  Aquilo deveria ser um restaurante de moscas!

Só que o lance dele era sentir prazer com mulher fedida.
Ela até desconfiou quando uma vez ele pediu para ela ficar uma semana sem lavar a "perseguida", mas achou que ele estava brincando.

Então, minha cara, se o sujeito te trocou por algo pior, nada de entrar numas de se sentir a pior mulher do mundo.


Oras, cada um é atraído pelo o que gosta...
..........................................................................................................
Leia meu livro QUERO SEU SORRISO DE VOLTA e vire uma mulher ruim e feliz!!
www.revistaandros.com.br - © Copyright 2015 - Revista Andros

correr atrás é afastar o outro