domingo, 1 de janeiro de 2017

TEM MULHER QUE SÓ VOLTA A VIVER DEPOIS QUE O TRASTE SE MANDA.

Graças a Deus ele se foi

E já que ele se foi, o negócio é festejar!
Vamos festejar porque muitas mulheres só voltam a viver depois que o benzão se manda.

É, minha filha, agora você está viva!! 
Finalmente você voltou a respirar e ter idéias próprias, não é mais aquela tontona que vivia colada nos pés do Benzão, sem vida, seca e decrépita. 

Vamos festejar seu renascimento, a volta da razão, do poder da inteligência sobre as burrices cometidas em nome de uma paixão suicida! 
Vamos festejar porque agora você pode sorrir sem ter que dar explicações:
"Tá sorrindo por quê? Tá querendo aprontar alguma?"


E que os anjos toquem as trombetas por cada dia que amaldiçoar as cagadas que fez por amor. 
Então, viva a raiva, o ódio e a revolta por não acreditar que possa ter descido tão baixo, lambido o chão e se rebaixado, porque agora você está livre e lúcida!
"Aleluia!!! Eu era uma mulherzinha chorona e burra, mas agora eu posso ver!!!"

Vamos festejar porque o "exú de terreiro falido" foi baixar em outro centro e você nunca mais sentiu falta das porradas de amor que levava: 

"Pô, Zulmira!! Que merda de papo é esse de querer mais carinho? Eu não te bato há mais de um mês e você ainda quer mais?"

Vamos festejar porque suas amigas não terão mais que aguentar suas lamentações!!

Vamos festejar porque agora você pode viajar com elas, desfilar suas curvas deliciosas na praia, sem ter um "guarda-bundas" te torrando o saco e querendo arrumar confusão com os caras que não param de babar diante de seu biquini:"Tá olhando pra bunda da minha mulher por quê, palhaço?"

Vamos festejar o fim das noites em claro, de sofrer e não encontrar uma resposta para se manter ao lado de quem tanto mal te fez!


Abra um sorriso enorme diante das vitrines das lojas, porque ninguém mais vai determinar o que deve ou não usar. 
Vestidos curtos, blusas decotadas, calças jeans bem apertadas, shortinhos, nada mais é proibido. Agora você pode comprar para usar, não precisa mais deixar jogado num canto, em meio à uma montanha de roupas que teve que aposentar. Agora você pode se produzir à vontade, atrair todos os olhares!

É, minha cara, agora você pode se sentir a mulher mais linda do mundo porque não vai ter nenhuma "cara emburrada" querendo estragar sua noite.

Vamos festejar porque nunca mais vai ouvi-lo dizer que "mulher minha não usa essas coisas" .

E acabou aquela vidinha de merda dele não aparecer nos encontros porque se "esqueceu"!
Acabou!!! O tempo de implorar, pedir para não passarem mais um final de semana vendo tv, já era! 

E acabou as mancadas, os passeios que deixaram de fazer porque ele estava "cansado".

Nunca mais terá que lamentar os presentes que não ganhou no dia dos namorados, aquele seu aniversário em que ele apareceu bêbado, as milhares de desculpas deslavadas para os mesmos erros: "Mas o seu aniversário não era no mês que vem?".

Vamos festejar porque acabaram-se as humilhações diante do medo da rejeição...

Agora você pode cair na gandaia, conversar com suas amigas, falar sacanagens. E pode fazer novas amizades. E se quiser, pode encher a cara com sua batida de morango com champanhe e ficar bem alegrinha. E que se dane se a sua calcinha estiver aparecendo, se beijou um cara que nunca viu na vida, porque você está livre!!! 

Cacete, mas como é bom poder beber e falar todas as besteiras que pintam na cachola, sem um chato buzinando na sua orelha: "Você já bebeu demais...Agora, só suco de laranja!"


Então, minha cara, aproveita e chama todas as amigas e amigos que abandonou só para ficar com o benzão, e faz uma festa de reconciliação. 

Sim, eu sei que muitos nem vão querer olhar mais para a sua cara - e eles têm razão. Ainda mais porque você só estava obedecendo as ordens do jagunço: 
"Não quero saber de amizades com machos, e suas amigas são passam de piranhas!"


Vamos festejar porque agora você não faz mais planos que ele nunca desejou participar:

Festas!!! De tudo que podemos viver como solteiros, poucas coisas são tão boas quantos as festas. Melhor ainda são festas em que estamos livres, leves e soltos, sem ter que ficar morrendo de vontade de dançar, beber e falar um monte de besteiras, mas ter que se comportar porque o "ritmo" do benzão é outro - canto gregoriano, por exemplo.

Vamos festejar porque você não está mais com um cara que vivia reclamando que você não dava toda atenção para ele!. 

Vamos festejar porque nunca mais terá que aturar um chato que fazia com que se sentisse mal pelo resto da noite por tê-lo "abandonado" por alguns minutos.


Chega de aturar intermináveis horas discutindo a relação, das chantagens emocionais, do tipo "você dá mais atenção ao trabalho do que para mim".

E acabaram as patéticas cenas de ciúmes do seu passado: "O seu ex-namorado transava melhor que eu?", "Pra quantos você já deu?"

Vamos festejar porque mesmo não tendo quem chamar de "meu amor", você se sente amada.

Acabou a solidão, aquela coisa dele estar ao seu lado e mesmo assim se sentir abandonada. Acabaram-se as discussões, as condenações, o dedo em riste apontado para o seu nariz: "Se você fizer isso eu te deixo".

Não, agora você é livre, faz o que bem quiser da sua vida.

Então, aumenta o som, rebola o bundão, dá um pulo bem alto e grita:
"Acabooooooooou!!! Graças a Deus esse filho da puta sumiu da minha vida!!!!!!!
..........................................................................................................
Leia meu livro QUERO SEU SORRISO DE VOLTA e vire uma mulher ruim e feliz!!
www.revistaandros.com.br - © Copyright 2016 - Revista Andros

Nenhum comentário:

PODE AMAR O MELHOR AMIGO.