domingo, 25 de dezembro de 2016

UM CAFAJESTE PODE MUDAR?

Um Cafajeste Pode Mudar?


Para quem sempre tem esperanças, acabei de descobri que um grande amigo deixou a vida de cafajeste de lado.
Veja bem, não estou me referindo à qualquer um, mas a um sujeito que foi minha maior fonte de inspiração para escrever sobre os cafajestes. Sim, ele mudou, deixou de ser o maior predador, e agora virou marido exemplar. 

Pior: o cara virou um sujeito caseiro!!!!!!

Só para dar um exemplo, boa parte do meu livro Juro que é Verdade - Sobre Homem, Mentiras e Traições, foram inspiradas nele, que vou chamar de Rogério.

Mas vamos às revelações, ao dia em que descobri sua nova vida.

Depois de alguns anos sem nos falar, heis que acabo encontrando o sujeito no facebook. Lógico, minhas primeiras perguntas foram sobre as putarias, as mulheres que ele deveria ter pego nesse tempo todo que estivemos afastados. "O que é isso, Paulão, eu parei com essa vida". 

Peraí...Só pode ser piada. Claro, porque só no tempo em que trabalhamos juntos, cerca de três anos e meio, eu perdi a conta de quantas mulheres ele ficou.

Lógico que não acreditei, por isso dei mais umas cutucadas: 
"O que é isso Rogério? Vai me dizer que acabou enjoando de mulher?" 
"Tá louco, Paulão! Agora eu sosseguei, sabe? Pra mim agora só tem minha mulher." 

"A mesma mulher? Vocês ainda estão juntos? 

"Sim, a gente está super bem, morando juntos, casados...Sabe, Paulo, apesar de tudo que eu fiz, ela sempre foi a mulher da minha vida. Estamos comprando uma casa, vamos montar um negócio juntos, hoje eu vivo do trabalho pra casa, e de casa para o trabalho...


Não podia ser verdade.
 Alguém estava ocupando o corpo do meu amigo, porque as mudanças foram grandes demais. .

"Cara, você tem certeza que não está enfeitiçado? Sei lá, tomou café coado na calcinha?"

 Ele riu das minhas piadas, mas garantiu que se fosse por macumba, sua mulher já o teria colocado nos eixos há muito tempo.

E ele estava com a razão, porque a relação deles era de total ausência. O cara sumia, pegava tudo quanto era mulher, inventava um monte de mentiras, e só restava à esposa chorar e implorar para ele sossegar. Ah, sim, essa mulher sofreu pra cacete, porque levou tantos, mas tantos chifres, que parecia que ia enlouquecer.

Tudo bem se fosse um cara qualquer, mas ele parecia um ímã de mulher. Juro, a gente não podia conversar numa boa, que logo aparecia uma garota "morrendo de saudades". Ou seja, ela caiam em cima dele o tempo todo.

Então eu fiz o último teste: 
"Cara, se eu te chamar pra a gente sair com umas garotas, você vai? " Paulão, você sabe que eu era safado, que não perdoava nada, mas a gente pode sair, só que sem mulher". 

Cacete!! Essa foi o último prego no caixão na vida de cafajeste de Rogério.

Mas o meu espanto não teria fim.

Eu resolvi contar sobre essa estranha mudança para uma amiga nossa, e não é que ela também tinha "sossegado"!? 

Veja bem, ela era a versão feminina do Rogério, uma mulher com um fogo danado, que uma vez me pegou no banco de trás de um taxi, em plena madrugada, sentou-se no meu colo, e nem estava preocupada com o motorista que quase bateu o carro porque não conseguia tirar os olhos do retrovisor. 

Sabe aquele tipo de mulher gulosa que faz muito macho mijar nas calças de medo? Então, ela era assim: um vulcão sexual!!

Não é possível, deve ter alguma coisa errada com a água de São Paulo.

Só para ter uma ideia, essa minha amiga chegou a fazer tratamento contra compulsão sexual.

Lógico, ela não foi até o fim do tratamento.


E agora ela me conta que parou com "essa vida"!!?? 
E pela primeira vez na vida está namorando sério!!?? Sem contar que virou uma mulher mais caseira, que não sente tanto prazer em ir em baladas, que só tem tesão pelo namorado?

Ou seja, não aconselho ninguém a se envolver com cafajestes, sejam masculinos ou femininos. Claro, não existe essa de ninguém mudar, daquela coisa de "pau que nasce torto, morre torto" , mas ainda acredito que não há nenhuma vantagem em se envolver com alguém na esperança que ele mude, que um dia vire uma pessoa legal, que seja fiel, porque o preço que se paga por viver com pessoas infiéis é alto demais. 


..........................................................................................................
Leia meu livro QUERO SEU SORRISO DE VOLTA e vire uma mulher ruim e feliz!!
www.revistaandros.com.br - © Copyright 2016 - Revista Andros

Nenhum comentário:

PODE AMAR O MELHOR AMIGO.